Após ser delatado com o chefe da quadrilha, Ex prefeito do Careiro Castanho foi preso

248

Após a Polícia Civil do Careiro Castanho deflagrar a operação ‘Apagar as Luzes’, contra a cúpula da administração municipal da gestão 2013/2016 e empresários da cidade, chegou a vez de pegar, de acordo com os delatores, o chefe da quadrilha, o ex-prefeito Hamilton Vilar (PMDB).

Na operação “Apagar as Luzes” foram cumpridos, cinco mandados de prisão preventiva e três mandados de busca e apreensão. Entre os presos, está o nome do ex-secretário de saúde, Marcley Barbosa Fontes.

Também foram presos o ex-secretário de finanças, Aldo Alves de Alencar; o sub-secretário de finanças Aluisio da Silva Alves; o ex-secretário de administração, Jacson Chagas; e os empresários Sérgio César Moreno, José Roberto Viana e Antonio José de Oliveira.

Conforme o delegado do 34º do Careiro Castanho, Daniel Antony, as investigações para o desdobramento da operação começaram durante o período de eleições. Era notório perceber que havia uma “relação suspeita” entre os fornecedores e membros da Prefeitura da cidade.

comandada pelo ex-prefeito Hamilton Vilar (PMDB) / Imagem recebida em nosso Whatsapp
comandada pelo ex-prefeito Hamilton Vilar (PMDB) / Imagem recebida em nosso Whatsapp

O ex-prefeito Hamilton Vilar foi indiciado pelos crimes previstos nos artigos 327 do Código Penal. 2 da lei de organização criminosa e 90 da lei de licitações.

Comentários

comentários

Loading...
COMPARTILHAR