Artur ataca e Marcelo agrada ao apresentar propostas no debate da A Critica

2

Na noite deste domingo (23/10), A Crítica transmitiu o debate do segundo turno das eleições de Manaus, entre os candidatos a prefeito de Manaus Marcelo Ramos (PR) e Artur Neto (PSDB).

Durante o debate, internautas comentavam, a atuação dos dois candidatos. E a maioria dos comentários era favorável a Marcelo Ramos, que segundo os telespectadores, mostrou segurança, equilíbrio e atitude para governar a cidade de Manaus.

Outro fato que agradou os eleitores, foi Marcelo permanecer sereno nas respostas, além de aproveitar o tempo para apresentar suas propostas de governo.

Já o candidato a reeleição Artur Neto decepcionou até os próprios eleitores, ao aparentar descontrole e nervosismo. Artur Neto durante todo o debate desviou dos questionamentos de Marcelo, e chegou até a mudar completamente de assunto ao ser confrontado com a denúncia de que sua administração está realizando especulação financeira com o dinheiro dos aposentados do ManausPrev.

Marcelo afirmou que entregará um relatório ao Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM), onde comprova que a Prefeitura de Manaus, na administração do prefeito Artur Neto, está “fazendo especulação e jogatina com o dinheiro dos aposentados do município aplicados na ManausPrev”, sem apresentar propostas de fato.

Marcelo disse que a prefeitura esconde da população que nos últimos três anos teve “graves perdas nos fundos da ManausPrev”. Desnorteado ante os questionamentos de Marcelo, o prefeito Artur, evitou o confronto e deixou a população sem respostas sob o que de fato tem a mostrar de sua administração.

O atual prefeito Artur Neto tentava desviar o foco do debate. Titubeando e sem argumentos consistentes o prefeito Artur Neto desconversou sobre o tema do ManausPrev.

Marcelo garantiu que no seu governo tratará com seriedade temas fundamentais da administração. No transporte público e mobilidade urbana, Marcelo afirmou que não prosseguirá com a Faixa Azul. Além de várias outras propostas apresentadas durante o programa.

O Artur Neto estava visivelmente confuso e nervoso durante o debate. Em determinado momento, ao ser questionado sobre qual foi sua contribuição para melhorar a segurança pública de Manaus, o prefeito respondeu à pergunta falando de uma escola indígena na comunidade Três Unidos.

As frases evasivas e ainda o reconhecimento de Artur Neto que a Guarda Municipal não está preparada para atuar em situações de segurança, foram atitudes mais comentadas nas redes

O tucano insistiu em criticar o governo de José Melo e dizer que ele é “omisso” na segurança pública, enquanto a prefeitura já colocou 40 mil pontos de LED na cidade e ainda tem 900 para colocar em 2017.

Marcelo Ramos respondeu a perguntas e usou o tempo apresentando propostas
Marcelo Ramos respondeu a perguntas e usou o tempo apresentando propostas

 

Curte nosso conteúdo?!

Receba as notícias diretamente no seu e-mail:

Comentários