Banco Central freia queda de dólar após a Câmara aprovar impeachment

1

Nesta segunda-feira (18/4), após a Câmara dos Deputados aprovar o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, que este seguirá para o Senado, o dólar teve forte alta, segundo a Reuters. É que Banco Central entrou com força no mercado cambial e fez o dólar anular a queda vista no início dos negócios desta segunda, chegando a subir cerca de 2% e encostar em R$ 3,60.

Veja a cotação do dólar hoje.

Às 9h10, queda de 0,31%, a R$ 3,5128.
Às 9h20, alta de 0,06%, a R$ 3,5263.
Às 9h30, alta de 0,3%, a R$ 3,5348.
Às 9h40, alta de 0,53%, a R$ 3,5428.
Às 10h, alta de 1,48%, a R$ 3,5762.
Às 10h10, alta de 2,05%, a R$ 3,5965.
Às 10h30, alta de 1,88%, a R$ 3,5903.
Às 10h49, alta de 1,5%, a R$ 3,577.
Às 11h, alta de 1,74%, a R$ 3,5856.
Às 11h20, alta de 1,47%, a R$ 3,5758.
Às 11h30, alta de 1,12%, a R$ 3,5638.
Às 11h40, alta de 1,01%, a R$ 3,5598.

Na noite passada (17/4), a Câmara dos Deputados aprovou por 367 votos a continuidade do processo de impeachment. Agora, a matéria precisa ser aprovada no Senado, que deverá assegurar que o vice-presidente Michel Temer assuma o comando do país pelo menos interinamente.

A perspectiva de que uma troca de governo poderia trazer de volta a confiança na economia brasileira já havia derrubado o dólar nos últimos meses, acumulando baixa de 10,74% neste ano até sexta-feira.

Profissionais do mercado financeiro já haviam afirmado à Reuters que a euforia inicial após a decisão da Câmara poderia ceder o lugar para cautela em pouco tempo, conforme o foco passa aos nomes que formariam a equipe econômica de eventual governo Temer.

Banco Central freia queda de dólar após a Câmara aprovar impeachment
Banco Central freia queda de dólar após a Câmara aprovar impeachment

Comentários

comentários

Loading...