Confira como salvar uma pessoa de afogamento

18

Nosso país é abençoado, com muitos rios e uma enorme área litorânea. As praias brasileiras, são conhecidas internacionalmente. Mas tanta beleza pode ser um perigo, especialmente para os nadadores inexperientes.

Isso porque a água pode ser traiçoeira e dar o maior susto quando menos se espera. É aí que as estatísticas ruins entram em cena e mostram o grande número de gente que morre afogada no país todos os anos.

Claro que existem salva-vidas nos lugares mais visitados, especialmente com relação às praias. Mas nem sempre os turistas e exploradores ficam sob a mira do Corpo de Bombeiros. Muitos casos fatais ocorrem em locais afastados, onde não há ninguém preparado para salvar a vítima que está afundando.

Será que você saberia salvar alguém do afogamento? Seria capaz de tirar essa pessoa da água, de forma segura para você e para ela; e ainda prestar os primeiros socorros?

A primeira coisa que é preciso saber na hora de socorrer alguém que está se afogando, inclusive, é que ser um bom nadador, muito raramente, vai resolver a situação. Confira agora algumas outras dicas:

1. Ao ver alguém se afogando, tente avisar primeiro um salva-vidas ou oferecer à vítima algum objeto que a ajude a flutuar. Caso essas alternativas não sejam viáveis, parta para o resgate.

2. Acalmar a vítima é fundamental para que ela não leve você para o fundo. Faça isso antes mesmo de ter qualquer contato físico com ela. No desespero ela pode acabar afogando você também;

3. Aproxime-se da pessoa por trás, passe um braço por baixo da axila e do queixo da vítima. Isso vai ajudar a manter a cabeça dela fora da água. Mas lembre-se: seu braço mais hábil deve ficar livre para você nadar.

4. O próximo passo agora é tentar chegar a uma parte rasa da água. Nesses momentos o nado militar é muito útil, porque você vai “remando” com seu braço livre e movimentando as pernas para ganhar impulso.

5. Se o rio ou mar estiver agitado e for difícil chegar à praia, tente ficar em uma região com menos turbulência até que vocês recebam ajuda.

6. Se a vítima chegar em terra firme desmaiada, verifique se ela está respirando. Isso é possível de ser notado quando você se aproxima da boca e do nariz dela.

7. Se não houver respiração, é preciso começar, imediatamente, um trabalho de respiração boca-a-boca, tampando o nariz da pessoa e assoprando ar na boca.

8. Após duas respirações, inicie uma série de 15 massagens cardíacas. Você deve jogar seu peso sobre suas duas mãos, que permanecem apoiadas, uma sobre a outra, no centro do osso do peito da vítima, chamado pelos médicos de esterno. Comprima o tórax dela e solte em seguida. Repita esse ciclo de duas respirações e 15 massagens até a pessoa voltar a respirar.

Você tinha ideia desses procedimentos?

Então antes de tomar aquele banho de rio, informe-se sobre o local, confira se há redemoinhos, correnteza, pedras ou sumidouros. Nos rios da região norte, durante a seca, podem aparecer buracos próximo as margens.

Outra orientação é manter a água abaixo da linha da cintura e usar um colete salva-vidas, assim como respeitar a natureza e respeitar o próprio corpo.

Caso esteja sozinha e caia no rio, a orientação é não lutar contra a correnteza e manter a flutuabilidade se direcionando para a margem ou aguardando o socorro.

(Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)
(Foto: Corpo de Bombeiros/Divulgação)

Comentários

comentários

COMPARTILHAR