Home Brasil Entenda a mágica por trás do café com algodão doce

Entenda a mágica por trás do café com algodão doce

5 min read
0
0
15

A ideia foi originalmente desenvolvida por uma cafeteria da cidade de Xangai, na China, e virou febre nas redes sociais depois que vários internautas divulgaram imagens da bebida no Instagram, agora virou assunto de vestibular, pois foi uma das questões de química da primeira fase da Fuvest 2020 (vestibular que dá entrada à Universidade de São Paulo- USP) e que aconteceu no último domingo (24).

Questão de química da primeira fase de um dos vestibulares mais concorridos do país foi baseada em quitute criado em Cingapura. Entenda a teoria – Imagem: Divulgação

Como é possível observar na imagem, a ideia consiste em uma xícara de café quente posicionada embaixo de uma “nuvem” de algodão doce, que está suspensa no ar graças a um suporte de metal.

O aparato funciona porque, quando as moléculas de água evaporam a partir da xícara de café, elas entram em contato com o açúcar do algodão doce, que está mais frio. Isso faz com que a água condense e, então, dissolva a sacarose, cuja solubilidade é de 1,97 kg/L de água a 20ºC.

Dessa forma, quando a mistura de água e açúcar pinga na xícara, por conta da força da gravidade, ela entra em contato com o café, adoçando a bebida. Todo esse processo resulta em um café docinho (e melado) – e claro, numa foto chibata.

Questão de química da primeira fase de um dos vestibulares mais concorridos do país foi baseada em quitute criado em Cingapura. Entenda a teoria – Imagem: Divulgação

A questão da prova dizia:

Em Xangai, uma loja especializada em café oferece uma opção diferente para adoçar a bebida. A chamada sweet little rain consiste em uma xícara de café sobre a qual é pendurado um algodão‐doce, material rico em sacarose, o que passa a impressão de existir uma nuvem pairando sobre o café (…). O café quente é então adicionado na xícara e, passado um tempo, gotículas começam a pingar sobre a bebida, simulando uma chuva doce e reconfortante.

A adição de café quente inicia o processo descrito, pois:

(A) a temperatura do café é suficiente para liquefazer a sacarose do algodão‐doce, fazendo com que este goteje na forma de sacarose líquida.
(B) o vapor de água que sai do café quente irá condensar na superfície do algodão‐doce, gotejando na forma de água pura.
(C) a sacarose que evapora do café quente condensa na superfície do algodão‐doce e goteja na forma de uma solução de sacarose em água.
(D) o vapor de água encontra o algodão‐doce e solubiliza a sacarose, que goteja na forma de uma solução de sacarose em água.
​(E) o vapor de água encontra o algodão‐doce e vaporiza a sacarose, que goteja na forma de uma solução de sacarose em água.

Ou seja, resposta D.

Load More Related Articles
Load More By wilson
Load More In Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Check Also

David Almeida entra em luto com perda irreparável

O ex-governador do Amazonas, David Almeida, teve uma perda irreparável. Infelizmente David…