Fundação de Vigilância em Saúde distribui dez mil repelentes para unidades de referência no atendimento de mulheres grávidas

20

O Governo do Estado do Amazonas, através da Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM), está distribuindo dez mil repelentes para unidades de referência em atendimento à gravidez de alto risco na capital e também o interior. A ação tem como objetivo minimizar a exposição dessas grávidas ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da Dengue, Chikugunya e principalmente Zika, pois o último, está associado à mal-formação craniana dos bebês e a doenças neurológicas.

Para o diretor-presidente da FVS, Bernardino Albuquerque, uma das ações de proteção individual é o uso do repelente durante a gravidez. “Ao todo são 20 municípios do Amazonas, que são considerados de maior risco de transmissão dos vírus. O produto será disponibilizado de forma gratuita no atendimento do pré-natal para grávidas de baixo poder aquisitivo”, explica.

Albuquerque informa que o repelente afasta os mosquitos da paciente e não causa problemas para a grávida e para o bebê. No entanto ele lembra que a medida preventiva mais eficaz, no combate ao mosquito é a não deixar água parada. “A forma mais efetiva de prevenção é a eliminação dos locais que possuem água parada, essa checagem deve ser feita semanalmente, principalmente neste período de intensas chuvas amazônicas”, diz.

Os municípios contemplados são:  Barcelos, Boca do Acre, Borba, Careiro, Coari, Humaitá, Iranduba, Itacoatiara, Lábrea, Manaus, Manacapuru, Maués, Novo Airão, Novo Aripuanã, Parintins, Presidente Figueiredo, Rio Preto da Eva, Tabatinga e Tefé.

Até o mês de fevereiro deste ano, foram notificados no Amazonas 2.198 casos de dengue, 84 casos de Chikungunya e 64 Zika vírus. A distribuição de repelentes será ampliada para todos os municípios, através do Ministério da Saúde que encaminhará cerca de 623 mil frascos de repelentes para o Estado do Amazonas. O repasse do material será feito em sete etapas de entrega e a primeira está prevista para a segunda quinzena de março.

FVS distribui dez mil repelentes para unidades de referência no atendimento de mulheres grávidas
FVS distribui dez mil repelentes para unidades de referência no atendimento de mulheres grávidas / Divulgação
Comentários com Facebook

Curte nosso conteúdo?!

Receba as notícias diretamente no seu e-mail: