Governo do Amazonas gastará R$ 435 mil para construir vestiário de mulheres na Arena da Amazônia

3

Foi liberado, pelo governador José Melo, o valor de R$ 435 mil, por meio de um crédito suplementar para construir um vestiário para as mulheres na Arena Amazônia. O detalhe é que a Arena Amazônia, já custou R$ 757,5 milhões, além de ter um prejuízo anual de R$ 7,3 milhões, agora terá mais um custo.

Segundo o secretário estadual de Juventude Esporte e Lazer, Fabrício Lima, a nova obra da arena atenderá uma exigência do Comitê Olímpico Internacional (COI). O recurso será utilizado para ampliar os vestiários da arena, que até então tinha sido pensado somente para os homens por conta da Copa do Mundo de 2014. Ainda de acordo ele, os jogos de futebol das olimpíadas que serão sediados em Manaus neste ano, serão utilizados tanto os jogadores homens como as mulheres.

A construtora Andrade Gutierrez foi responsável por realizar a obra, de execução dos serviços de engenharia civil, cobertura metálica, estruturas elétricas, instalação do sistema de ar condicionado e de segurança e de outros.

Sobre a falta de vestiário para atletas mulheres ter sido um erro de engenharia civil, o secretário não acha que tenha sido um equivoco, pois a obra foi pensada para os jogadores da Copa do Mundo, e era natural que “naquele tempo” não tivesse adaptação para as mulheres nos vestiários.

Loading...

O secretário acredita que a obra ainda trará muito lucro para o Amazonas. Porque os jogos olímpicos trarão turistas para a cidade.

Além do valor de R$ 435 mil para a ampliação da arena, o governador José Melo liberou também R$ 966 mil para a Sejel, sendo que R$ 956 mil são destinados para a construção do Centro de Treinamento (CT) Bianca Maia (atleta da ginástica rítmica que conquistou três medalhas de ouro no últimos Jogos Pan-Americanos), localizado perto da Arena Amazônia.

Governo gastará quase meio milhão para construir vestiário feminino na arena
Governo gastará quase meio milhão para construir vestiário feminino na arena

Comentários

comentários

Curte nosso conteúdo?!

Receba as notícias diretamente no seu e-mail: