O ‘vídeo do IML de Cuiabá’ foi na realidade gravado em uma escola pública

1503

Internautas ficaram intrigados com o vídeo de um ambiente escuro, com luzes piscando e uma porta batendo, que viralizou nas redes sociais e atingiu o topo dos Trending Topics do Twitter na manhã desta terça. Nos comentários, muitos diziam que o registro assustador foi feito no Instituto Médico Legal (IML) de Cuiabá, no Mato Grosso.

Imagem: Reprodução do Youtube
Imagem: Reprodução do Youtube

No entanto, o mistério quanto à localização do vídeo acabou. As imagens foram gravadas no Centro de Atendimento Integral à Criança e ao Adolescente de Araucária (CAIC), no Paraná. A informação foi confirmada pela direção da Escola Municipal Eglé Cordeiro Machado Pinto, que faz parte do complexo educacional.

De acordo com a Prefeitura de Araucária, a Secretaria de Segurança Pública abrirá uma sindicância para averiguar aos acontecimentos mostrados nas imagens. Os dois agentes já foram identificados, mas, por enquanto, têm as suas identidades preservadas ao público.
A direção da unidade confirmou que o registro foi feito por guardas noturnos no último domingo enquanto verificavam o que estaria provocando o abrir e fechar de uma porta.

 

 

Curte nosso conteúdo?!

Receba as notícias diretamente no seu e-mail:

COMPARTILHAR

Comentários