Pokémon Go chega no Brasil e já é sensação entre os amazonenses

1

Já é possível ver em alguns lugares de Manaus pessoas brincando com aplicativo. Pokemon Go conquistou, principalmente, as crianças que se divertem capturando vários Pokémons.

Os pokestops, são os locais onde os Pokémons podem ser encontrados com maior facilidade, pontos turísticos, praças, shoppings, parques e até igrejas.

Desde que chegou aos Estados Unidos, Austrália e Nova Zelândia em 5 de julho, “Pokémon Go” o jogo tornou-se um fenômeno, sendo lançado em mais de 30 outros países, rendendo recorde à Nintendo no mercado de ações e um bocado de histórias pra lá de bizarras.

A febre dos monstrinhos valorizou as ações da Nintendo, se tornou mais usado que Twitter e Tinder e provocou todo tipo de fenômeno – acidentes em jogadores a alertas de departamentos da polícia por todo o mundo.

Teve também uma popularização de bebês com nomes de Pokémons, pessoas assaltadas por ladrões que usavam o app para atrair vítimas a lugares desertos e até um homem que foi demitido em Cingapura após criticar o país por ainda não ter acesso ao jogo.

Atualmente, “Pokémon Go” foi lançado na América do Norte, vários países da Europa, Japão e outras regiões da Ásia. Segundo John Hanke, presidente-executivo da Niantic, o jogo deve chegar a 200 mercados no total.

Já diz a lenda original que o Pokémon mítico Mew vive voando por entre as árvores da Floresta Amazônica – não seria estranho encontrá-lo por aqui.

Pokémon Go chega no Brasil e já é sensação entre os amazonenses
Pokémon Go chega no Brasil e já é sensação entre os amazonenses
Comentários com Facebook

Curte nosso conteúdo?!

Receba as notícias diretamente no seu e-mail:

COMPARTILHAR