Home Notícias Internacional 20 anos da Google: Conheça a história da empresa que hoje é o chefe da internet

20 anos da Google: Conheça a história da empresa que hoje é o chefe da internet

8 min - tempo de leitura
86

O Google completou 20 anos de história em setembro do ano passado e, com um valor de mercado na casa dos US$ 120 bilhões, parece cada vez mais disposto a investir no futuro promissor da tecnologia. Atualmente controlada pela Alphabet, a empresa já teve momentos de dificuldade financeira, porém hoje possui um completo portfólio de serviços que servem como prova do sucesso comercial no mercado da internet.

© Thomas Peter / Reuters
© Thomas Peter / Reuters

Larry Page e Sergey Brin se conheceram na Universidade de Stanford, no Estados Unidos, e, após realizarem algumas pesquisas e trabalhos juntos, decidiram criar o Google em 4 de setembro de 1998. A ideia surgiu como um trabalho realizado na universidade sobre mecanismos de buscas na internet, algo pouco explorado na época. No entanto, o conceito só saiu do papel após a entrada de Andy Bechtolsheim, o primeiro investidor financeiro que a empresa teve.

Com a sede sendo a garagem de uma amiga dos fundadores, a empresa iniciou atividades para rivalizar com algumas gigantes do mercado na época, como a Yahoo e o MSN. E o resultado foi positivo, já que o buscador foi amplamente acessado, justamente por funcionar de maneira mais leve e eficiente que os rivais. Além disso, o portal da Google não continha propaganda, algo que conquistou os usuários. Os dois criadores, inclusive, tinham um artigo publicado sobre como a propaganda poderia atrapalhar na navegação de um site.

O crescimento do Google foi meteórico e novos investidores estavam oferecendo oportunidades para se juntarem ao negócio. Em junho de 1999, com a empresa tendo menos de um ano, recebeu um aporte financeiro no valor de US$ 25 milhões  da Sequoia Capital e também da Kleiner Perkins. Um investimento que fez a empresa conseguir prestar serviços sem precisar apelar para propagandas, algo comum na época.

Após isso, o Google tomou o caminho que chegou até o que é hoje. Com uma tecnologia acima das rivais, o buscador se transformou no site mais visitado na maioria dos países. Além disso, hoje ainda oferece serviços de email, imagens, mapas e até dicas de onde ir e como ir. A ideia da empresa, que no início era apenas um buscador, se transformou em uma realidade gigante, hoje a terceira maior do mundo.

De quase vendido ao chefão da internet

Apesar de parecer um conto de fadas, a história do Google também possui alguns pontos de crise e outras curiosidades. Por conta da falta de recursos financeiros, em 1999, a empresa precisou tomar decisões importantes, antes de aceitar o aporte financeiro de US$ 25 milhões. Com muitos acessos e a necessidade de se atualizar, os fundadores começaram a receber ofertas. Uma ação comum no mercado privado, onde empresas maiores compram para investir ou então para encerrar uma possível concorrência.

O Instagram, por exemplo, foi adquirido pelo Facebook em 2012, após a empresa de Mark Zuckerberg perder espaço nas redes sociais. Em 1999, isso aconteceu com o Google. A empresa quase foi vendida para a Excite por meros US$ 750 mil, como mostra um infográfico produzido pela Betway Casino . No entanto, a possível compradora se recusou pagar esse valor numa empresa que eles não viam tanto futuro. Um erro marcante e que deve causar arrependimentos até hoje. O resultado foi o Google se transformar em uma compradora de pequenos, como fez com o Youtube e com a Earth Viewer, que depois se transformaria no Google Earth .

Nos anos 2000, o Google ganhou a fama de ser uma empresa jovem e descolada, com um ambiente de trabalho diferenciado. Essa ideia se somou com o sucesso do buscador e fez do Google uma companhia gigante na internet e com a fama de ser a casa das boas e novas ideias. Com isso, a empresa ganhou a fama de “chefão” da internet.

Muitas startups e programadores produzem conteúdo  ou novos conceitos com a intenção de serem serviços comprados pelo Google, seja para ficarem ricos ou então como forma de expandir mundialmente tal serviço. Além dos já citados Youtube e Google Earth, outros serviços como o Deja.com, que se transformou no Google Groups, também foram anexados.

A Google acabou criando a Alphabet Inc., que é a holding do conglomerado de todas as empresas e serviços que a companhia possui. Desta forma, todo o departamento, que cresceu muito desde 1998, pode ter uma organização empresarial mais organizada. Até hoje, o Google tem como princípio buscar, e até auxiliar, no crescimento de pequenas empresas.

Google Developers e a busca por startups Na comemoração dos 20 anos da empresa, a Google fez um anúncio de grande importância para o Brasil. Ela realizou um acordo de parceria com ACE Startups, uma empresa brasileira de aceleradoras de startups. Além de ser um panorama otimista quanto ao futuro do país nesta área, também é uma amostra de qual o caminho que a Google busca para o futuro.

O acordo foi realizado pelo programa Google Developers Launchpad, um ramo da empresa que tem como objetivo conhecer, investir e associar pequenas e médias empresas com o Google. A busca por novos serviços e produtos, algo que fez o Google ser quem é hoje, se tornou um verdadeiro investimento positivo para a empresa. Por mais que nem toda se torne um sucesso absoluto, basta algumas poucas para tudo fazer sentido, seja financeiro ou então tecnológico.

Hoje, valendo mais de US$ 120 bilhões, o Google é vista como uma das empresas responsáveis por ditar o futuro da tecnologia do mundo. Seja com a ideia de carros autônomos, a responsabilidade quanto a privacidade de dados ou novas tecnologias para celulares e computadores, a jovem empresa é quem move o mundo da internet.

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por Emerson Tahan
Carregar Mais Em Internacional

Deixe uma resposta

Leia Também

Em Manaus, 56 estabelecimentos são vistoriados pela Central de Fiscalização e dez são fechados

Em uma nova ação da Central Integrada de Fiscalização (CIF), coordenada pela Secretaria de…