270 pessoas mortas congeladas aguardam para serem revividas com a tecnologia do futuro

312

Quantas vezes j√° ouvimos dizer que Elvis Presley e Michael Jackson n√£o morreram? Muitos garantem que o corpo de Walt Disney est√° neste momento congelado em algum lugar secreto esperando que tecnologias futuras o fa√ßam ‚Äúreviver‚ÄĚ. Bem, talvez isso n√£o seja uma coisa muito longe de acontecer! Algumas institui√ß√Ķes acreditam no poder de preserva√ß√£o da criogenia e est√£o realmente colocando isso em pr√°tica.

A criogenia √© um ramo da f√≠sico-qu√≠mica que estuda tecnologias para a produ√ß√£o de temperaturas muito baixas (abaixo de -150¬įC). Quando liquefeitos, gases como o nitrog√™nio, h√©lio e oxig√™nio s√£o usados em muitas aplica√ß√Ķes criog√™nicas. Com isso, os cientistas do Cryionics Institute (CI) fundado em 1976 busca a preserva√ß√£o da vida por meio desta tecnologia, tendo como seu mentor Robert Ettinger, o ‚Äúpai da criogenia‚ÄĚ que utilizou o corpo da pr√≥pria m√£e como base do estudo.

Segundo, o Cryionics Institute imediatamente ap√≥s a morte confirmada, o paciente √© exposto a uma subst√Ęncia que impedir√° a forma√ß√£o de gelo em torno do corpo. Em seguida, o corpo √© resfriado a uma temperatura baix√≠ssima, etapa em que, a exterioriza√ß√£o f√≠sica √© interrompida. A partir da√≠, o paciente √© mantido por tempo indeterminado em ‚Äúcryostasis‚Äú, ou seja, preservado em nitrog√™nio l√≠quido.

Algumas institui√ß√Ķes acreditam no poder de preserva√ß√£o da criogenia e est√£o realmente colocando isso em pr√°tica.  Imagem ilustrativa.
Algumas institui√ß√Ķes acreditam no poder de preserva√ß√£o da criogenia e est√£o realmente colocando isso em pr√°tica. Imagem ilustrativa.

N√£o h√° d√ļvida de que a criopreserva√ß√£o √© poss√≠vel, mas da√≠ imaginar que o paciente √© capaz de voltar a vida, j√° √© outra hist√≥ria. Mesmo assim, membros do CI afirmam que ressuscitar um corpo morto ser√° uma possibilidade real. Muitos testes com organismos biol√≥gicos foram criopreservados, armazenados √† baix√≠ssima temperatura em nitrog√™nio l√≠quido e posteriormente reviveram. Os testes foram feitos em insetos, enguias e tecidos humanos (inclusive o c√©rebro) e pequenos √≥rg√£os de mam√≠feros. As t√©cnicas tem caminhado para que cada vez mais, c√©lulas, √≥rg√£os e tecidos voltem √† vida depois de criopreservados.

Os cientistas do CI garantem que este procedimento não significa exatamente uma ressurreição de mortos, como um milagre religioso. A criogenia não poderá restaurar a vida de pessoas na qual seus cérebros tenham sido fisicamente destruídos. O que a criogenia garante, é que um corpo criopreservado limita danos em todas as estruturas e preserva de forma que possa voltar à vida.

√Ārea onde os corpos ficam preservados no Cryonics Institute!
√Ārea onde os corpos ficam preservados no Cryonics Institute!

Desde 2013, cerca de 270 pessoas foram submetidas a procedimentos de criopreserva√ß√£o, 100 destes est√£o no Cryionics Institute. E o procedimento pode n√£o ser t√£o caro assim. Se voc√™ quer ter seu corpo preservado para uma ‚Äúposs√≠vel ressurrei√ß√£o‚ÄĚ a partir de tecnologia futura, s√≥ precisa pagar o referente a US $ 28.000,00 assim que for dado como morto e depois, sua fam√≠lia precisa se comprometer com a manuten√ß√£o mensal dos equipamentos.

Bem, fica o benef√≠cio da d√ļvida‚Ķ

 

Nesta imagem, o Dr. Jerry Lemler, presidente e CEO da Alcor Life Extension Foundation, est√° na √°rea onde 49 pessoas s√£o mantidas congeladas!
Nesta imagem, o Dr. Jerry Lemler, presidente e CEO da Alcor Life Extension Foundation, est√° na √°rea onde 49 pessoas s√£o mantidas congeladas!

Fonte: Diário de Biologia

Coment√°rios