O MPF pediu o arquivamento do inquérito policial que investiga o desaparecimento do delegado Thyago Garcez

74

O Ministério Público Federal (MPF) pediu o arquivamento do inquérito policial que investiga o desaparecimento do delegado Thyago Pereira Garcez Bastos, de 30 anos, ocorrido no dia 5 de dezembro, após uma troca de tiros entre policiais civis e narcotraficantes colombianos no rio Solimões, em Coari, município distante a 363 quilômetros de Manaus.

O pedido da procuradora Anne Caroline Aguiar Andrade Neitzke foi encaminhado para o Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1), no dia 9 de junho deste ano. Durante as investigações, todas as testemunhas que presenciaram o desaparecimento já prestaram depoimentos.

O delegado Thyago Garcez desapareceu após confronto com traficantes ocorrido no Rio Solimões, em uma região de Coari. Foto: Divulgação

Ainda de acordo com o pedido, até o presente nenhum elemento novo surgiu que possa sustentar a continuidade das investigações.

Agora o pedido passa a ser analisado pelo juiz André Dias Irigon, da 1ª Vara Federal de Tefé, município distante a 523 quilômetros de Manaus, que decidirá pelo arquivamento do inquérito policial. O processo está na vara única da subseção jurídica de Tefé.

 

Fonte: Correio da Amazônia

Comentários

comentários

COMPARTILHAR