Home Notícias Polícia 525 kg de explosivos são apreendidos em Presidente Figueiredo no Amazonas

525 kg de explosivos são apreendidos em Presidente Figueiredo no Amazonas

3 min - tempo de leitura
5

Na última quarta-feira (22/11) a Operação Alta Pressão 5 do Exército Brasileiro (EB) e da Polícia Militar do Amazonas (PM-AM) apreendeu mais de meia tonelada de explosivos no município de Presidente Figueiredo, município distante 125km de Manaus.

A ação foi comandada pelo Serviço de Fiscalização de Produtos Controlados da 12ª Região Militar (SFPC/12) e do Grupamento de Manejo de Artefatos Explosivos da Polícia Militar (Gpt Marte da PM).

525 kg de explosivos são apreendidos em Presidente Figueiredo no Amazonas- Imagem: Divulgação
525 kg de explosivos são apreendidos em Presidente Figueiredo no Amazonas- Imagem: Divulgação

Durante a “Operação Alta Pressão 5″ foram apreendidos no interior de uma pedreira do município, 525 kg de explosivos encartuchados, mais de 4 mil metros de cordel detonante, além de reforçadores, estopins e retardos (utilizados na preparação de detonações), segundo informações do Exército Brasileiro. A ação contou com mais de 40 militares do Exército e 5 policiais militares.

De acordo com o 2º Tenente Estevão, chefe da equipe do 1º Batalhão de Infantaria de Selva (1º BIS), todo o material estava fora do prazo de validade e não poderia mais ser utilizado comercialmente.

O material apreendido deve ser destruído, pois mesmo fora da validade, para evitar o uso indevído por criminosos, afirmou o Tenente da Polícia Militar, Paulo Victor, Comandante da equipe do Grupamento Marte.

A fiscalização da empresa ocorreu como um ‘alvo de oportunidade’ dentro do contexto da operação Alta Pressão 5, que visa a fiscalização do comércio de armas e munições e está sendo conduzida, em todo o Brasil, pela Diretoria de Fiscalização de Produtos Controlados do Exército Brasileiro. Nos estados do Amazonas, Acre, Roraima e Rondônia, a operação é coordenada pelo Serviço de Fiscalização de Produtos Controlados da 12ª Região Militar (SFPC/12)”, explicou a nota do Exército.

E confirmou também que o material apreendido ficará sob a guarda do grupamento Marte até que seja detonado nos próximos dias.

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por No Amazonas é Assim
Carregar Mais Em Polícia

Deixe uma resposta

Leia Também

PMs são suspeitos de agredir, torturar e matar indígenas e ribeirinhos na região do Rio Abacaxis, no AM

No último domingo (20/9) a onda de terror que ocorre na região do Rio Abacaxis, em Nova Ol…