Inicial Notícias Amazonas 700kg de carne de jacaré deverão ser comercializados na 1ª Feira do Jacaré-açu de Manejo em Tefé

700kg de carne de jacaré deverão ser comercializados na 1ª Feira do Jacaré-açu de Manejo em Tefé

3 minuto de leitura
0
154

Na última terça-feira (14/1) aconteceu em Tefé, distante ‎575 km de Manaus, uma reunião para tratar da 1ª Feira do Jacaré-açu de Manejo do Estado do Amazonas, que deverá acontecer no próximo dia 29 de fevereiro deste ano na própria cidade.

700kg de carne de jacaré deverão ser comercializados na 1ª Feira do Jacaré-açu de Manejo em Tefé – Imagem: Divulgação

O encontro aconteceu na sede do Instituto Mamirauá e contou com a participação do Secretário Municipal Executivo de Turismo – Christophan Mota, do Secretário Municipal de Produção e Abastecimento – Antônio Nascimento,  do Gerente do Sebrae/Tefé – José Antônio e do Analista de pesquisa e responsável pelo Programa de Manejo e Conservação de Jacarés do Instituto Mamirauá – Diogo Lima .

700kg de carne de jacaré deverão ser comercializados na 1ª Feira do Jacaré-açu de Manejo em Tefé – Imagem: Divulgação

No fim de 2019, entre 25 de novembro a 1º de dezembro, a Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema) participou de um curso promovido pelo Instituto Mamirauá sobre legislação, licenciamento e assessoria de desenvolvimento do manejo sustentável de jacarés em Tefé. A atividade era uma das etapas para a liberação de licença para o manejo do jacaré no Amazonas, o documento deverá estar disponível ainda este mês.

Durante a 1ª Feira do Jacaré-açu de Manejo deverão ser comercializados cerca de 50 a 70 unidades de jacarés-açus (aproximadamente 700kg de carne). Os cortes da carne vendidos serão das patas, tronco e o rabo e terão preço similar ao do pirarucu de manejo que varia de R$ 12 a R$ 13.

De acordo com o Secretário Executivo de Turismo, a expectativa da Prefeitura de Tefé é que a 1ª Feira do Jacaré-açu de Manejo seja um sucesso. Além da implantação da cadeia produtiva e comercial que envolve comunidade, o cidadão irá consumir a carne do animal de forma “legal”. “Enquanto gestão municipal, temos o objetivo inserir a carne de jacaré no cardápio dos restaurantes de nossa cidade e assim trazer mais essa peculiaridade para o nosso município“, declarou o Christophan Mota.

O jacaré é um dos animais da região amazônica de grande potencial econômico, por ser completamente aproveitado para comercialização. O couro é vendido para o mercado de bolsas e sapatos por cerca de R$ 30 o centímetro, já a carne é destinada à alimentação e as vísceras são utilizadas para fazer ração animal. A expectativa dos ribeirinhos pela comercialização do jacaré-açu de manejo vem desde 2003, porém o processo para a venda da carne do animal se intensificou em 2017.

A Prefeitura Municipal de Tefé estima que a primeira edição da Feira do Jacaré-Açu Manejado seja um sucesso, visando a melhoria econômica da população tefeense, associada a uma estratégia bem sucedida de desenvolvimento sustentável.

 

Comentários

Carregue Mais Notícias Relacionadas
Comentários estão fechados.