Home Notícias Política ‘Acidente pavoroso’, diz Temer sobre massacre de presos em Manaus

‘Acidente pavoroso’, diz Temer sobre massacre de presos em Manaus

2 min - tempo de leitura
22

Na manhã desta quinta-feira (05/1), o presidente Michel Temer classificou como “acidente pavoroso” a rebelião no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), em Manaus, que resultou na morte de 56 detentos. Até então, Temer deixou o episódio a cargo do ministro da Justiça, Alexandre de Moraes.

Desde que aconteceu o massacre, no domingo(01/1), essa foi a primeira declaração do presidente sobre o assunto, que provocou repercussão internacional.

A declaração foi feita em reunião de Temer com o próprio Moraes e o ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, para definir repasses e estratégias de melhorias para o sistema penitenciário brasileiro.

O presidente manifestou solidariedade aos familiares das vítimas. “Eu quero, em uma primeira fala, mais uma vez, solidarizar-me com as famílias que tiveram seus presos vitimados naquele acidente pavoroso que ocorreu no presídio de Manaus”, disse.

Há uma “necessidade imperiosa” de ação da União no sistema prisional e que o governo já realizou reuniões voltados para a área de segurança pública, disse o presidente.

Temer citou os principais problemas da área de segurança pública e afirmou que a segurança foi “absoluta” durante os Jogos Olímpicos de 2016 com elogios até fora do país.

Presidente Michel Temer - Imagem: Zero Hora
Presidente Michel Temer – Imagem: Zero Hora

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por Marcus Pessoa
Carregar Mais Em Política

Deixe uma resposta

Leia Também

Câmera de segurança registra momento em que bandido dá “voadora” em mulher

Uma câmera de segurança registrou a ação de dois bandidos que roubaram um veículo Honda Fi…