Home Notícias Manaus Ações sociais da ONG Aldeias Infantis são reforçadas por meio de parceria com a prefeitura

Ações sociais da ONG Aldeias Infantis são reforçadas por meio de parceria com a prefeitura

6 min - tempo de leitura
34

Para garantir que cada criança atendida possa crescer em um ambiente com amor, respeito e segurança, a unidade da Aldeias Infantis SOS em Manaus atua há 26 anos como uma vila educadora e de proteção de direitos, com foco no fortalecimento dos vínculos familiares e apoio socioeducacional, no Alvorada, zona Centro-Oeste. Parceira da Prefeitura de Manaus, a entidade conta com recursos de fomento disponibilizados por meio do Fundo Manaus Solidária, que possibilitam a manutenção das atividades.

Foto: Divulgação / Fundo Manaus Solidária

“Nosso objetivo é dar oportunidade para que as pessoas atendidas pelas organizações tenham a possibilidade de mudar suas vidas, suas histórias e tenham êxito naquilo que se propuserem a fazer. Para nós, da prefeitura, do Fundo Manaus Solidária, é uma enorme satisfação ver que estamos sendo agentes de transformação na vida de tantas pessoas”, destaca a presidente do Fundo Manaus Solidária, a primeira-dama Elisabeth Valeiko Ribeiro, sobre a finalidade do Edital de Fomento, em propiciar a continuidade do trabalho de organizações voltadas à atenção social, reforçando as atividades já oferecidas pelas instituições parceiras.

Foto: Divulgação / Fundo Manaus Solidária

Realizado durante o contraturno escolar, o projeto fomentado “Infância Cidadã” atende 85 crianças com idades entre 4 e 6 anos, e conta com ampla estrutura de acolhimento. As ações incluem oficinas socioeducativas, aulas de dança, música e teatro, além de atividades ao ar livre. Todos os assistidos são alunos do Centro Municipal de Educação Infantil (Cmei) Hermann Gmeiner, no Alvorada, unidade reconhecida nacionalmente com o selo Escolas Transformadoras.

A entidade participou do 1º Edital de Fomento, realizado em 2018, sendo contemplada com recursos no valor de R$ 180 mil. Em 2019, por meio do 2º edital, o projeto da Aldeias Infantis foi novamente contemplado, desta vez com o valor de R$ 188 mil.

Foto: Divulgação / Fundo Manaus Solidária

Planejamento

De acordo com o gestor social, Nelson Peixoto, o fomento é destinado ao pagamento dos colaboradores, sendo de grande importância para a continuidade das atividades. “Contar com o apoio do poder público é fundamental para conseguirmos colocar os projetos em prática, com a qualidade e o impacto positivo conforme planejado. O fomento serve para mantermos o nosso quadro de funcionários, incluindo os educadores, os quais chamamos de “oficineiros”, profissionais que possuem um contato direto com as crianças e são a alma do projeto”, informa.

Após a suspensão das aulas presenciais, devido à pandemia de Covid-19, a Aldeias Infantis buscou alternativas para seguir oferecendo as atividades. Por meio do WhatsApp, a entidade deu continuidade ao projeto disponibilizando vídeos educativos e permitindo que pais, mães e responsáveis pudessem seguir auxiliando no desenvolvimento das crianças, mesmo em tempos de distanciamento social.

Conforme o pedagogo da organização, Erick Baraúna, que atua no planejamento e supervisão das oficinas socioeducativas, aplicando os procedimentos metodológicos com foco no desenvolvimento, cuidado e proteção das crianças participantes do projeto, as atividades realizadas, com o apoio das famílias, contribuem para a melhoria do aprendizado e convivência social.

“É muito gratificante perceber que o nosso trabalho é um diferencial na vida das crianças e suas famílias, pois por meio da participação nas atividades, mesmo que a distância, a convivência familiar tem melhorado. Os pais ou responsáveis estão mais presentes no dia a dia das crianças e, de modo especial, têm trabalhado o cuidado e a proteção delas”, observa.

O projeto oferecido pela Aldeias Infantis sempre marcou presença na vida dos quatro filhos de Ana Lúcia Almeida, pois todos passaram pela organização. Atualmente, a filha Ana, de 6 anos, participa das atividades e sua mãe ressalta a importância do projeto em suas vidas. “Eles sempre nos ajudaram, então sou muito grata a tudo que nos ofereceram ao longo dos anos. Além do trabalho fundamental realizado com as crianças, meus dois filhos adolescentes conseguiram emprego com o apoio da Aldeias”, relata.

Texto – Daniel Brito / Fundo Manaus Solidária

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por Emerson Tahan
Carregar Mais Em Manaus

Deixe uma resposta

Leia Também

Em Manaus, 56 estabelecimentos são vistoriados pela Central de Fiscalização e dez são fechados

Em uma nova ação da Central Integrada de Fiscalização (CIF), coordenada pela Secretaria de…