Acordo de cooperação técnica beneficiará 70 mil pescadores no Estado

14

O deputado Adjuto Afonso (PDT) repercutiu esta semana, na Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam), o acordo de cooperação técnica assinado na semana passada, em Brasília, entre a Confederação Nacional dos Pescadores (CNPA) e o Instituto Nacional de Seguro Social (INSS), que permitirá o acesso das colônias de pescadores dos municípios ao banco de dados do INSS, dando celeridade aos serviços solicitados pela classe.

“O deputado Walzenir que é o representante legítimo do pescador brasileiro, do Amazonas, assinou em Brasília com o INSS através da Confederação Nacional dos Pescadores, um convênio que vai beneficiar mais de 700 mil pescadores de todo o Brasil, 70 mil só no Amazonas. Isso vai facilitar os serviços que os pescadores necessitam, como pedidos de aposentadoria e acesso ao seguro defeso, dentre outros”, disse o deputado.

O acordo, assinado pelos presidentes da CNPA, Walzenir Falcão, e do INSS, Francisco Soares Lopes, tem por objetivo acabar com a burocracia no atendimento aos pescadores, que, em muitos casos, têm que sair da localidade onde moram e viajar centenas de quilômetros até chegar a um posto da Previdência Social.

Conforme a CNPA, o acordo de cooperação técnica beneficiará mais de 70 mil trabalhadores do setor pesqueiro do Amazonas. As colônias de pescadores nos municípios terão acesso ao sistema do INSS, facilitando o atendimento aos trabalhadores, além de diminuir as filas nos postos da capital. Segundo o INSS, o treinamento dos funcionários das colônias já inicia na próxima semana, com duração de três meses.

deputado Adjuto Afonso / foto : divulgação

Com informações da Assessoria de Comunicação do deputado Adjuto Afonso

Comentários