Ainda em comemora√ß√£o ao Dia das M√£es, pacientes da FCecon t√™m m√ļsica ao vivo

139

Nesta segunda-feira (13/05), as pessoas que estiveram no Ambulat√≥rio da FCECON – Funda√ß√£o Centro de Controle de Oncologia do Estado do Amazonas, para consultas ou exames, tiveram uma espera mais alegre, com uma apresenta√ß√£o de m√ļsica ao vivo.

A ação foi realizada em parceria com o laboratório Saibin, ainda em comemoração ao Dia das Mães, conforme explicou a chefe do Serviço de Mastologia da FCecon, Hilka Espírito Santo. Houve, ainda, a entrega de itens para pacientes mastectomizadas (que retiraram uma ou as duas mamas) fazerem atividades fisioterapêuticas em casa.

Para o diretor-presidente da FCecon, G√©rson Mour√£o, a atividade marca a etapa de humaniza√ß√£o dos servi√ßos da Funda√ß√£o. ‚ÄúEstamos vivendo um momento especial. As pessoas est√£o come√ßando a entender que a tecnologia que n√≥s temos dentro da institui√ß√£o, os grandes profissionais que est√£o aqui dentro isso √© importante. Mas n√≥s estamos saltando agora para outra etapa, que √© a etapa da compaix√£o, da humaniza√ß√£o, para que os pacientes sejam verdadeiramente bem acolhidos. E essa m√ļsica faz parte desse nosso projeto‚ÄĚ, avaliou.

Medita√ß√£o¬†‚Äď Ros√Ęngela Jarawara acompanha o cacique da comunidade Jarawara, o senhor Makabi, de 77 anos, que est√° no in√≠cio do tratamento contra um c√Ęncer de pr√≥stata. Nesta segunda, os dois iam para uma consulta para entregar o resultado da bi√≥psia.

Com a confirma√ß√£o do c√Ęncer, o momento de m√ļsica ao vivo alegrou os minutos de espera, segundo Ros√Ęngela. ‚ÄúM√ļsica √© vida. Ela acalma e distrai a gente. Tamb√©m nos puxa para meditar na letra que est√° sendo cantada. O projeto √© v√°lido. Gostei!‚ÄĚ, contou a acompanhante.

Maria do Socorro Rosa Pardinho, 54, tamb√©m aguardava por uma consulta nesta manh√£. A dona de casa, que faz tratamento de c√Ęncer no reto e j√° passou por radioterapia e quimioterapia, se sentiu animada at√© para incentivar os demais pacientes. ‚ÄúA gente se sente mais animada. D√° aquele incentivo para incentivar os outros que est√£o mais tristes. Se eu n√£o estou triste, animo os outros‚ÄĚ, disse.

Exerc√≠cios¬†‚Äď Al√©m da m√ļsica ao vivo, houve a entrega de itens para que pacientes mastectomizadas possam fazer atividades fisioterap√™uticas em casa. Foi customizado, pelo laborat√≥rio Saibin, um cora√ß√£o com o mesmo material das bolas pequenas entregues a quem precisa exercitar as articula√ß√Ķes e m√ļsculos das m√£os e bra√ßos.

No caso de mulheres que passaram por mastectomia, sendo que muitas ficam com o braço limitado após a cirurgia, o exercício auxilia no retorno dos movimentos e ajuda na circulação sanguínea.

Foto : Divulgação FCecon

 

Coment√°rios

Receba nossas atualizações no seu e-mail: