Home Notícias Amazonas Amazonas alerta a população para prevenção contra doenças transmitidas pelo Aedes aegypti

Amazonas alerta a população para prevenção contra doenças transmitidas pelo Aedes aegypti

2 minutos lido
17

A Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), por meio do Programa Estadual de Vigilância e Controle de Arboviroses no Amazonas, que integra o Programa Saúde Amazonas, do Governo do Amazonas, via Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM) e FVS-AM, alerta a população para a necessidade de intensificar os cuidados para evitar a proliferação do mosquito Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya.

O Amazonas está atravessando o período chuvoso, cenário propício para o aumento de casos de dengue no estado. “Cerca de 80% das notificações de dengue são registradas de novembro a maio no Amazonas. Esse é o período de maior risco para a doença e coincide com o período chuvoso”, afirmou o diretor-presidente da FVS-AM, Cristiano Fernandes.

Dados parciais do Departamento de Vigilância Epidemiológica da FVS-AM (DVE/FVS-AM) apontam para o registro de 4.379 casos notificados de dengue; 34 casos notificados de chikungunya; e 32 casos de notificações de zika até a última sexta-feira (27/03). Os dados constam no Sistema de Informação de Agravos de Notificação (Sinan) do Ministério da Saúde.

De acordo com o chefe do Departamento de Vigilância Epidemiológica (DVE) da FVS-AM, Elder Figueira, a formação de criadouros do mosquito Aedes aegypti pela chuva redobra a necessidade de atenção pela população, em seguir as orientações dos municípios, quanto às medidas de prevenção de dengue, zika e chikungunya.

“A maioria dos criadouros do mosquito Aedes aegypti ou está nos quintais residenciais ou dentro de casa. Então, a participação da população na eliminação de criadouros é fundamental para o controle da população do mosquito e, consequentemente, a redução do número de casos de doença”, afirmou Elder.

Orientação – A Nota Técnica Nº 13/2021 da FVS-AM alerta sobre o risco de aumento de casos de dengue, zika e chikungunya transmitidos pelo Aedes aegypti. O documento é destinado a orientar os profissionais de saúde dos municípios quanto à necessidade de intensificação das ações de vigilância, prevenção e controle, tendo como objetivo reduzir a incidência das três doenças, prevenindo principalmente casos graves e óbitos. A nota pode ser acessada neste link: https://bit.ly/3uSgjTi

Programa – O Programa Estadual de Vigilância e Controle de Arboviroses no Amazonas, que monitora cenários epidemiológicos de dengue, zika, chikungunya e febre amarela, faz parte do Programa Saúde Amazonas, do Governo do Estado do Amazonas, via Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM) e FVS-AM. A iniciativa atua para reduzir a morbimortalidade e o risco de epidemias causadas por arboviroses.

FOTO: Divulgação / FVS-AM

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por Marcus Pessoa
Carregar Mais Em Amazonas

Deixe uma resposta

Leia Também

Mulher morre após teste clandestino com nebulização de hidroxicloroquina em Manaus

Em meados de fevereiro, o auxiliar de produção Kleison Oliveira da Silva, 30, apreensivo, …