Home Notícias Amazonas Amazonas disputa prêmio internacional com programa de distribuição merenda escolar na pandemia

Amazonas disputa prêmio internacional com programa de distribuição merenda escolar na pandemia

4 min - tempo de leitura
102

O programa “Merenda em Casa”, desenvolvido pelo Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Educação e Desporto, é um dos seis finalistas do 3º Prêmio Super-Heróis para o Desenvolvimento, do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). Nesta edição, a iniciativa buscou reconhecer agências executoras e mutuários que enfrentaram, de maneira inovadora e criativa, desafios relacionados à pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Ao todo, 88 projetos de toda a América Latina e do Caribe foram submetidos à premiação.

Os vencedores terão a oportunidade de participar de uma conversa virtual, aberta ao público, com o presidente do BID, na qual compartilharão suas histórias. Além disso, eles terão acesso gratuito a um máximo de dois cursos por pessoa com certificação do BID e edX (plataforma educacional on-line de Harvard e MIT) para apoiá-los em seu desenvolvimento profissional.

Lançado no último mês de abril, logo após a suspensão das aulas presenciais no Amazonas, o programa “Merenda em Casa” consistiu na distribuição de kits de alimentação escolar a todos os 440 mil estudantes matriculados na rede estadual, em Manaus e no interior. Na capital, a entrega do benefício foi feita por meio de delivery, enquanto que, nos demais 61 municípios, os alunos retiraram seus kits na própria escola, mediante cronograma pré-estipulado e seguindo todos os protocolos de segurança em saúde.

De acordo com o secretário de Educação em exercício, Luis Fabian Barbosa, o reconhecimento do BID coroa meses de esforços da pasta, que mobilizaram mais de 3 mil profissionais em uma operação de logística para levar o benefício a todos os estudantes da rede pública estadual. “Foram meses de muito comprometimento e dedicação, mas que valeram a pena. Garantir uma alimentação de qualidade a nossos alunos foi prioridade da Secretaria de Educação em meio à pandemia”, reforçou Luis Fabian.

 

FOTO: Cleudilon Passarinho

 

Finalistas – O programa “Merenda em Casa” concorre ao 3º Super-Heróis para o Desenvolvimento com outros cinco projetos. São eles: “COVID19 não nos impede! Garantindo água e serviços de higiene na área rural paraguaia”, “Certificado Profissional de Suporte em TI”, “Fortalecimento do Empreendedorismo Feminino em Brokopondo, Wanica, Sipaliwini e Marowijne”, “Campanha #PODPELAVIDA” e “Tía: Solidariedade inovadora nos momentos mais difíceis”.

Sobre o Prêmio – Realizado em edição virtual, neste ano, o Super-Heróis para o Desenvolvimento tem como objetivo principal dar o devido reconhecimento às agências executoras/clientes de projetos financiados pelo BID que abordaram ou influenciaram com sucesso nos desafios que surgem durante a implementação dos projetos de Desenvolvimento ou atingiram um impacto no desenvolvimento relacionado ao financiamento do BIDInvest ou IDBLab. O prêmio é parte de um esforço para melhorar o desempenho dos projetos, por meio da aprendizagem sistemática e do intercâmbio de conhecimento.

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por Roger Siqueira
Carregar Mais Em Amazonas

Deixe uma resposta

Leia Também

Prefeito pede compreensão e estima fim dos trabalhos em 20 dias na avenida Mário Ypiranga

A obra emergencial de substituição da rede de drenagem profunda na avenida Mário Ypiranga …