Home Entretenimento Famosos e TV Anderson do Molejo e MC Maylon se reencontram e passam duas horas juntos

Anderson do Molejo e MC Maylon se reencontram e passam duas horas juntos

2 minutos lido
15,860

Foram duas horas de acareação: no primeiro reencontro após a instauração do inquérito policial no qual estão envolvidos, o cantor e dançarino Maycon Douglas Porto do Nascimento Adão, o MC Maylon, e o pagodeiro Anderson Leonardo, vocalista do grupo Molejo, deram versões diferentes para o que aconteceu num apartamento de um motel de Sulacap, na Zona Oeste do Rio, entre 1h34m e 3h32m do dia 11 de dezembro do ano passado.

Anderson Leonardo e MC Maylon (Foto: Reprodução/Instagram)
Anderson Leonardo e MC Maylon (Foto: Reprodução/Instagram)

Na 33ª DP (Realengo), que investiga o caso. Maylon voltou a afirmar que foi estuprado por Anderson; o pagodeiro disse novamente que o MC mente. Acompanhados por advogados, os artistas foram ouvidos pelo delegado Rodrigo de Barros Piedras Lopes, que fez as mesmas perguntas para cada um.

Anderson relatou que trocou mensagens picantes com Maylon por WhatsApp e que marcou de encontrá-lo em um clube na Taquara, também na Zona Oeste, para, depois, irem ao motel. O vocalista do Molejo disse que, dentro de seu carro, não faltaram carícias e que, no estabelecimento, os dois fizeram sexo oral e anal.

Repetindo o que havia dito no depoimento que prestou em 7 de fevereiro, Anderson negou ter agredido Maylon e afirmou que o MC não lhe relatou ser virgem tampouco se manifestou contrário às práticas sexuais.

Maylon também reiterou o que disse em dois depoimentos na mesma delegacia. Ele contou ter sido convidado por Anderson para uma “reunião profissional”, na qual trataria com o pagodeiro os próximos passos de sua carreira artística. O MC alegou que não sabia para onde estavam indo na noite de 8 de dezembro e que o vocalista do Molejo desligou seu celular quando entraram num quarto.

O cantor e dançarino reiterou que levou tapas e empurrões e que teve seu cabelo puxado por Anderson. Mas, ontem, negou ter gritado por ajuda (algo que havia relatado). Disse que não tentou revidar nem se defender porque estava perplexo com a situação e que chegou a desmaiar devido às fortes dores que sentiu, já que seria virgem.

Além de Anderson e Maylon, sete pessoas foram ouvidas no inquérito. A cantora Vanessa Auzier Souza de Oliveira disse que esteve com o MC em um show na Barra da Tijuca menos de 24 horas depois do encontro dele com o pagodeiro. Na ocasião, não percebeu sinais de trauma ou depressão por parte do cantor e dançarino.

A irmã de Anderson, Riane de Oliveira Almeida, confirmou à polícia que viu Maylon no show e contou que ele “dançou bastante, fez alguns passos onde agachava até quase sentar-se no chão”, não tendo reclamado de dores nem demonstrado tristeza.

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por No Amazonas é Assim
Carregar Mais Em Famosos e TV

Deixe uma resposta

Leia Também

Andressa Urach, no tempo de prostituta, revelou ter pego R$ 80 mil pra fingir namoro com um famoso sertanejo

Em entrevista a Danilo Gentili no “The Noite”, Andressa Urach relembrou os val…