Home Notícias Brasil Após sofrer racismo, entregador ganha moto de Luciano Huck e IFood toma providência contra agressor

Após sofrer racismo, entregador ganha moto de Luciano Huck e IFood toma providência contra agressor

5 min - tempo de leitura
1,688

O vídeo de um entregador de aplicativo sofrendo agressões racistas por parte de um morador de um condomínio de casas em São Paulo, viralizou nas redes sociais nesta sexta-feira (7/8). Nas imagens, é possível ver que o homem ofende o profissional e diz que ele tem “inveja disso aqui”, apontando para a própria pele.

Luciano Huck dá moto para entregador que sofreu ofensas racistas – Imagem: Divulgação

Após o episódio das agressões verbais e de racismo, o aplicativo de entrega de comida IFood se pronunciou sobre o caso e confirmou, em nota, que o usuário será excluído da plataforma de pedidos. “Baseados nos termos de uso do aplicativo, o IFood descadastrou o usuário agressor da plataforma. A empresa está em contato para oferecer ao entregador apoio jurídico e psicológico”, diz a empresa ao mencionar que censura preconceito ou discriminação.

O pai do agressor informou que o filho tem esquizofrenia e que, “se instado, responderá na instância devida”. A polícia informou que o rapaz ainda não apresentou advogado para o caso, uma vez que a vítima não fez representação contra ele até esta publicação. O boletim de ocorrência foi registrado como injúria racial.

O apresentador, Luciano Huck conversou, na tarde de hoje, com o entregador de aplicativos Matheus Pires, que sofreu ofensas racistas em Valinhos (que fica a 79 km de São Paulo). No bate-papo, o Huck reservou uma surpresa ao rapaz. “Vergonha, tristeza e revolta. Foi o que senti quando recebi este vídeo. Nele está tudo contra o que lutamos. Matheus Pires foi corajoso e não baixou a cabeça pro preconceito. Temos de nos unir à luta de Matheus para mudar o Brasil. Este vídeo é revoltante. É um dever como cidadão denunciá-lo“, escreveu o apresentador na legenda da postagem, feita pelo Instagram.

O entregador disse que estava trabalhando com a moto que pertence ao pai, pois a sua estava com o motor fundido. Luciano, então, se comprometeu a ajudá-lo. “A moto que fundiu o motor… Conta comigo!“, disse, afirmando que falará com parceiros comerciais para entregar uma moto nova a Matheus, que se mostrou emocionado.

Confira o vídeo postado por Luciano Huck:

O caso aconteceu em 31 de julho, mas só repercutiu após a mãe de Matheus Pires, 19, publicar as imagens nas redes sociais na noite de ontem. Um boletim de ocorrência para investigar o crime de injúria racial foi aberto na delegacia da cidade, e o agressor, o contabilista Mateus Abreu Almeida Prado Couto, até agora não prestou depoimento. A punição prevista para esse tipo de crime é o pagamento de multa ou reclusão de 1 a 6 meses…. – Veja mais em https://tvefamosos.uol.com.br/noticias/redacao/2020/08/07/luciano-huck-promete-moto-a-entregador-que-sofreu-racismo-em-valinhos.htm?cmpid=copiaecola

 

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por No Amazonas é Assim
Carregar Mais Em Brasil

Deixe uma resposta

Leia Também

Questionada se havia comido a carne de Rhuan, mãe assassina responde: “O cheiro estava bom”

Rhuan Maycon da Silva Castro, de apenas 9 anos, foi morto cruelmente. As assassinas da cri…