Após ter casa invadida, professor deixa recado para ladrão em cartaz

168

O professor Marivaldo de Paula Silva, de 34 anos, após ter a casa invadida, decidiu escrever um cartaz com uma mensagem aos bandidos que furtaram alguns objetos da sua casa, que fica na Vila Acre, em Rio Branco.

O professor ficou conhecido por sempre lutar pelo direito de ouvir da sua filha, a pequena Ana Cristina Oliveira, de 8 anos. Nos √ļltimos dias, ele tem vendido rifas para comprar baterias para o implante coclear da filha e tamb√©m da ex-mulher, Erlene Paiva, que tamb√©m √© implantada.

Após ter casa invadida, professor deixa recado para ladrão em cartaz -Imagem:  Marivaldo Silva/Arquivo pessoal
Após ter casa invadida, professor deixa recado para ladrão em cartaz -Imagem: Marivaldo Silva/Arquivo pessoal

Ele disse que os vizinhos n√£o viram movimenta√ß√£o no dia do furto. ‚ÄúFui trabalhar e levar o meu filho para a primeira consulta dele e quando chegamos em casa, por volta das 20h, estava tudo revirado e os cachorros bastante estressados‚ÄĚ, conta.

Os bandidos conseguiram levar centrífuga e outros equipamentos que estavam dentro da casa. O professor acredita que o prejuízo ultrapasse os R$ 2,5 mil. Ele também disse que não fez um boletim de ocorrência.

‚ÄúAinda estou meio desnorteado. Ent√£o, ainda n√£o fiz o BO. √Äs vezes as pessoas te olham e acham que a voc√™ tem dinheiro, mas eu sou um trabalhador como um outro qualquer‚ÄĚ, conta.

Como forma de desabafo e tentar recuperar algumas das coisas, principalmente um pendrive que tem informa√ß√Ķes da escola onde trabalha, o professor fez um cartaz com uma mensagem aos bandidos.

‚ÄúSenhor ladr√£o, sou professor pobre igual a todos os outros. Endividado e compro tudo parcelado. Tenho 3 filhos e estou at√© vendendo rifa para comprar uma bateria pra minha filha continuar ouvindo. N√£o tenho dinheiro pra comprar o que o senhor me roubou. Se puder, devolva pelo menos o meu pendrive velho e minha centr√≠fuga. Meus filhos que choraram agradecem‚ÄĚ, escreveu.

O cartaz foi colocado no port√£o de casa. Com isso, Silva acredita que os bandidos podem devolver alguns objetos. ‚ÄúDepois que entraram na minha casa, fiquei sabendo de mais duas que foram invadidas aqui na regi√£o. Eu realmente n√£o tenho como comprar o que me roubaram agora‚ÄĚ, finaliza.

Após ter casa invadida, professor deixa recado para ladrão em cartaz -Imagem:  Marivaldo Silva/Arquivo pessoal
Após ter casa invadida, professor deixa recado para ladrão em cartaz -Imagem: Marivaldo Silva/Arquivo pessoal

Coment√°rios