Home Notícias Amazonas Apresentadora Ellen Ferreira denuncia assédio na Rede Amazônica

Apresentadora Ellen Ferreira denuncia assédio na Rede Amazônica

4 min - tempo de leitura
2,204

A jornalista e apresentadora da Rede Amazônica, afiliada da Globo na região norte, Ellen Ferreira foi demitida na manhã da última quinta-feira (23). Em entrevista ao colunista Léo Dias, a profissional conta que a empresa alegou que passará por uma reestruturação, mas o argumento não colou para a jornalista. Ellen acredita que tomaram essa decisão depois que ela e outros funcionários denunciaram um diretor por assédio.

“Edison Castro é um psicopata que já havia passado pelas redações de Goiás, Maranhão e Tocantins. Homofóbico, racista, gordofóbico. Praticava assédio moral e sexual, deixou toda a equipe doente. Uma moça da TV Anhanguera [Goiás] chegou a tentar se matar por causa dele”, diz ela, que apresentou o ‘Jornal Nacional’ em outubro do ano passado.

A denúncia foi feita quando Ellen percebeu que tudo estava indo longe demais. Com crises de ansiedade e chocada pela forma que seus colegas eram tratados, a jornalista escreveu um e-mail para Ali Kamel, diretor de jornalismo da Globo, relatando o que acontecia, já que não recebia apoio de outros chefes dentro da Rede Amazônica.

A mobilização de Ellen teve resultado. Outros funcionários que também eram constantemente ofendidos pelo diretor se uniram e montaram um dossiê que foi enviado ao Sindicato dos Jornalistas de Roraima (Sinjoper). Edison Castro foi demitido no final de junho, mas Ellen acredita que sua influência foi mantida e motivou sua demissão pouco tempo depois.

“Meu sonho foi interrompido. Eu estava escalada para apresentar o ‘Jornal Nacional’ mais duas vezes esse ano, mas foi adiado por conta da pandemia. Agora, estou demitida (…) Eu lutei por uma equipe. Fiz o que foi necessário para acabar com aquela palhaçada e faria de novo. Acabaram com meu sonho, mas eu tenho saúde e vou conseguir me recuperar”, desabafou.

Posicionamento da Globo

Após a entrevista de Ellen Ferreira, o departamento de comunicação da Globo divulgou uma nota com o posicionamento do diretor de jornalismo e garantiu que esclarecimentos sobre a demissão de Ellen Ferreira devem ser dados pela afiliada, Rede Amazônica.

“As afiliadas da Globo comungam dos mesmos princípios editoriais mas são empresas independentes. O diretor de jornalismo da Globo, Ali Kamel, ao receber e-mail da jornalista Ellen Ferreira, entrou imediatamente em contato com o setor de afiliadas para que a queixa fosse transmitida à Rede Amazônica. A Globo reitera que o respeito é um valor fundamental do seu Código de Ética. A empresa repudia qualquer tipo de assédio ou preconceito, que não são tolerados no ambiente de trabalho em nenhuma hipótese. Os esclarecimentos sobre o que ocorreu depois devem ser dados pela afiliada.”

Apresentadora Ellen Ferreira denuncia assédio na Rede Amazônica

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por Marcus Pessoa
Carregar Mais Em Amazonas

Deixe uma resposta

Leia Também

Saiba mais sobre o “Setembro Verde” e o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência

No dia 21 de setembro, é celebrado o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência. Esta …