Home Notícias Manaus Arrastões cada vez mais frequentes apavoram frequentadores do Parque dos Bilhares, em Manaus

Arrastões cada vez mais frequentes apavoram frequentadores do Parque dos Bilhares, em Manaus

6 min - tempo de leitura
26

Um parque criado com o intuito de ser o cartão postal da cidade de Manaus está se tornando um pesadelo para seus frequentadores.

Tanto frequentadores como pessoas que trabalham no Parque dos Bilhares, localizado entre as avenidas Djalma Batista e Constantino Nery, na Zona Centro-Sul de Manaus, afirmam que arrastões ocorrem estão ocorrendo pontualmente no local há meses e nenhuma providência é tomada.

Os itens mais roubados são Lâmpadas de LED (as meninas dos olhos do Prefeito Artur Neto), fiações de bancas, além das carteiras, bolsas, celulares e dinheiro dos frequentadores. Embora seja algo muito frequente, ao que tudo indica a polícia tem conhecimento dos casos.

A Prefeitura de Manaus, responsável pelo espaço, já havia informado ter conhecimento dos casos e que a segurança patrimonial é feita por um efetivo de 10 a 12 guardas municipais por turno, totalizando 34.

Neste final de semana, que ocorreu a Feira  a equipe do portal Manaus Alerta afirmou em publicação no seu site que sofreu assalto. A equipe foi até o parque para fazer uma reportagem sobre a 3° Feirinha de Produtos Regionais do local e chegando na área próximo a um parquinho de diversão, a equipe foi cercada pelos criminosos, que abordaram dizendo ‘Perdeu, perdeu’, apontando a faca.

Em seguida, eles levaram os materiais de trabalho, sendo dois celulares modelo iPhone usados para filmar as reportagens, e um outro equipamento, além de uma bolsa e uma necessaire.

Também neste final de semana, o humorista Gustavo Libório, conhecido pelo seu personagem Tal Qual Dublagens, divulgou nas suas redes sociais uma corrida que teve que fazer para fugir dos assaltantes junto com a equipe do Zappeando, da emissora Rede Amazônica, filiada à rede Globo em Manaus.

Tal Qual Dublagens Ontem às 15:44 · Olhem aí o exato momento em que eu tarru fugindo do marginal no Parque dos Bilhares em Manaus. Sim, essa pessoa é a tia Tal Qual parecendo uma fugitiva da Raimundo Vidal Pessoa, mas nesse caso eu era a vítima. Eu estava gravando uma matéria pra Rede Amazônica quando eu e a equipe de gravação pegamos uma carreira dos galerosos dentro do parque. Sorte que eu tinha prática de pular muros desde pequena pá roubar manga nas carra dos vizinhos de pérdi carra na Cidade Nova. Nessas horas a rente vira até Matrix. Porcarra que como diz o velho ditado: “Quem tem toba tem medo” e o meu num passarra nem WI-FI. A matéria vai ao ar sábado, dia 25/11 na Rede Amazônica no programa Zappeando logo depois do Jornal Hoje
Tal Qual Dublagens
Ontem às 15:44 ·
Olhem aí o exato momento em que eu tarru fugindo do marginal no Parque dos Bilhares em Manaus. Sim, essa pessoa é a tia Tal Qual parecendo uma fugitiva da Raimundo Vidal Pessoa, mas nesse caso eu era a vítima. Eu estava gravando uma matéria pra Rede Amazônica quando eu e a equipe de gravação pegamos uma carreira dos galerosos dentro do parque. Sorte que eu tinha prática de pular muros desde pequena pá roubar manga nas carra dos vizinhos de pérdi carra na Cidade Nova. Nessas horas a rente vira até Matrix. Porcarra que como diz o velho ditado: “Quem tem toba tem medo” e o meu num passarra nem WI-FI.
A matéria vai ao ar sábado, dia 25/11 na Rede Amazônica no programa Zappeando logo depois do Jornal Hoje / Reprodução Facebook

O portal No Amazonas é Assim foi até o local na tarde desta segunda-feira (13) e ouviu relatos de comerciantes do parque que é frequente um grupo de cinco pessoas realizou um arrastão próximo da pista de skate do parque.

Um comerciante da área, que não quis se identificar, relata que trabalha há quatro anos no Bilhares e comenta que além dos roubos, a presença de usuários de entorpecentes são constantes.

“Eles roubam tudo, até mesmo a fiação das bancas. Eu já presenciei turistas sendo assaltados também. Esse ano está terrível, não tem hora para fazer arrastão. Fica gente fumando maconha aqui perto o tempo todo. Durante o dia a gente ouve ou presencia mais de quatro roubos. Geralmente são duas ou cinco pessoas, ou fica gente esperando no estacionamento, às vezes estão de moto. A PM aparece só quando ligam, e muito tempo depois”, contou.

O horário de acesso ao parque foi reduzido após os registros de assaltos. “Antes, encerrava-se às 23h, agora porém, o fechamento dos portões está se dando às 22h. A PM disponibilizou os contato do “linha direta” para acionamento de equipes: (92) 98842-1784, ou 190.

O deputado estadual Serafim Correa, criador do Parque dos Bilhares, postou uma nota na sua rede social lamentando os ocorridos.

É lamentável o abandono e o clima de insegurança no Parque dos Bilhares. Quando prefeito, fiz essa obra na certeza de que seria um local para a família, pro lazer e prática esportiva. Hoje, o parque está abandonado e perigoso, com assaltos constantes no local. Uma pena. Portal Manaus Alerta / Reprodução Facebook
É lamentável o abandono e o clima de insegurança no Parque dos Bilhares. Quando prefeito, fiz essa obra na certeza de que seria um local para a família, pro lazer e prática esportiva. Hoje, o parque está abandonado e perigoso, com assaltos constantes no local. Uma pena.
Portal Manaus Alerta / Reprodução Facebook

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por No Amazonas é Assim
Carregar Mais Em Manaus

Deixe uma resposta

Leia Também

Chico Preto fica possesso após ter sido limado de Debate de Prefeituráveis de Manaus

Na tarde desta quarta-feira (30), o candidato a Prefeito de Manaus, Chico Preto (DC) anunc…