“Atendimentos estão retornando à normalidade após pagamento aos médicos e profissionais”, afirma Susam

A Secretaria de Estado da Saúde (Susam) anunciou através de nota enviada à imprensa na noite desta segunda-feira (11) que os médicos estão retornando à normalidade dos atendimentos nas unidades de saúde, após a secretaria cumprir com o compromisso de efetuar os pagamentos aos profissionais de diversas áreas, como médicos, técnicos de enfermagem e apoio.

Segundo a secretaria, o Governo do Estado pagou os salários de dezembro do ano passado e vai pagar regularmente a partir deste ano. / Foto: Divulgação/Susam
Segundo a secretaria, o Governo do Estado pagou os salários de dezembro do ano passado e vai pagar regularmente a partir deste ano. / Foto: Divulgação/Susam

A nota ainda afirma que o Governo do Estado pagou os salários de dezembro de 2018 e vai começar a pagar regularmente em 2019. A secretaria também diz na nota que está viabilizando junto à Assembléia Legislativa do Estado (ALE-AM) a utilização de recursos do Fundo de Interiorização do Desenvolvimento (FTI), além de estudar a contratação de operações de crédito para o pagamento de dívidas com fornecedores.

Confira a nota na íntegra
Médicos anunciaram, nesta segunda-feira (11/02), retornar à normalidade dos atendimentos nas unidades de saúde, compromisso assumido após a Secretaria de Estado da Saúde (Susam) efetuar os pagamentos aos profissionais das diversas áreas, que incluem médicos, técnicos de enfermagem, pessoal de apoio.

O Governo do Estado pagou os salários de dezembro do ano passado e vai pagar regularmente a partir deste ano.

Da mesma forma está atuando no abastecimento das unidades de Saúde. Nos últimos dias foram adquiridos, por intermédio de Ata de Registro de Preço, mais de 50% dos medicamentos que atendem ao padrão das unidades de Saúde, quantidade suficiente para os próximos três meses.

Para cumprir os compromissos assumidos, o Governo esta viabilizando junto à Assembleia Legislativa do Estado (ALE-AM), a utilização de recursos do Fundo de Interiorização do Desenvolvimento (FTI), além de estudar a contratação de operações de crédito para o pagamento de dívidas com fornecedores.

Comentários