Home Notícias Política “Autonomia dos estados e municípios será preservada na Reforma da Previdência”, diz Serafim

“Autonomia dos estados e municípios será preservada na Reforma da Previdência”, diz Serafim

4 min - tempo de leitura
16

O deputado Serafim Corrêa (PSB) disse que a autonomia dos municípios será preservada na Reforma da Previdência com a aprovação da “PEC Paralela”, criada pelo Senado Federal. A afirmação foi feita nesta quarta-feira,11, em Brasília, onde participou de uma reunião que tratou sobre a inclusão de estados e municípios na Reforma da Previdência.

O deputado se reuniu juntamente com os representantes de todas as Assembleias Legislativas do país, com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), com a presidente da CCJ do Senado, a senadora Simone Tebet (MDB-MS) e com o relator da Reforma da Previdência, Senador Tasso Jereissate (PSDB-CE).

“Eles nos colocaram a par de toda a situação, de como vai tramitar e como será a discussão. A autonomia dos estados está preservada, assim como a dos municípios. A PEC Paralela diz que os estados poderão encaminhar para as Assembleias projetos de lei, aderindo à PEC, que será aprovada sobre a Reforma da Previdência, e os municípios, automaticamente, estarão incluídos. Mas se eles não quiserem participar, basta o prefeito dizer que não quer participar. Acho que por esse caminho, ficou preservada a autonomia dos estados e municípios”, explicou Serafim.

Para o socialista, cabe agora em cada estado e município haver a discussão se adere ou se não adere à Reforma da Previdência.

“Claro que esse é um outro debate no qual está preservada também a posição pessoal e partidária de cada um dos deputados e de cada um dos vereadores, disse o deputado.

Lei Kandir

Serafim Corrêa também falou sobre a reivindicação para que o Governo Federal sane dívidas com os estados e municípios.

“Por oportuno, dizer que os estados que perdem muito com a exportação de commodities, são o Mato Grosso do Sul, Goiás, Minas Gerais, Pará, Amazonas, São Paulo, em decorrência da Lei Kandir. A reivindicação é de que o Governo Federal pague o que deve a estados e municípios, mas o presidente Davi Alcolumbre falou que está sendo feito um acordo e que vai colocar em pauta.

Serafim ainda disse que R$ 4 bilhões em dívidas do Governo Federal serão pagos até o final do ano, conforme anunciou Davi Alcolumbre.

“Neste ano serão pagos até o fim de dezembro R$ 4 bilhões para Estados e Municípios. Isso é uma notícia muito importante numa hora de sufoco. Na sequência, a revogação da Lei Kandir, que é um atraso para todos nós e a possibilidade de estados tributarem as exportações de minerais e do agronegócio de 0 a 3 %”, concluiu o parlamentar.

“Autonomia dos estados e municípios será preservada na Reforma da Previdência”, diz Serafim
“Autonomia dos estados e municípios será preservada na Reforma da Previdência”, diz Serafim

*Com informações da Assessoria

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por Marcus Pessoa
Carregar Mais Em Política

Deixe uma resposta

Leia Também

Aleam antecipa pauta da próxima semana com oito Projetos de Lei e cinco vetos do governo

  A Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam) vai colocar em votação, na próxima sem…