Ave silvestre Frango-d’água-azul é resgatada no Parque das Nações, em Manaus

A Polícia Militar regatou uma ave silvestre, conhecida como frango-d’água-azul, por volta das 20h desta segunda-feira (04/02), no Parque das Nações, zona Norte. A ocorrência foi atendida pelo Comando de Policiamento Ambiental da Polícia Militar do Amazonas, por meio do Batalhão de Policiamento Ambiental.

A ave foi resgatada na noite da última segunda-feira (4) no bairro Parque das Nações. / Foto: Reprodução/DCS-PMAM
A ave foi resgatada na noite da última segunda-feira (4) no bairro Parque das Nações. / Foto: Reprodução/DCS-PMAM

Os policiais militares, sob o comando do 2º tenente Cordovil, foram até a rua Perimetral Espanha após contato pelo celular da companhia (linha direta). Uma mulher de 29 anos havia acionado a PM e estava resguardando a ave, cujo nome científico é Porphyrio martinicus.

Ela disse que seu animal de estimação, um gato, havia capturado a ave, que foi entregue aos policiais com um pequeno ferimento na altura do pescoço. Segundo o tenente Cordovil, o ferimento, aparentemente, não é grave. O animal foi resgatado e levado até a sede do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).

Conheça a ave
O frango-d’água-azul é conhecido também como jaçanã (Maranhão) e tauá-tauá-azul (Amapá). Em algumas regiões, como no Maranhão, são cinegéticos, sendo muito caçados a partir de março, quando trocam todas as penas das asas ao mesmo tempo e ficam impossibilitados de voar. Os ovos também são alvo de predação pelo homem, fatores que podem contribuir para o declínio da espécie nestas regiões.

Seu nome científico significa: do (grego) porphurion, porphyrio = galinha do pântano; e do (latim) martinicus = referente à ilha de Martinica no Caribe, referente ao continente americano identificado pela ilha da Martinica. 

Mede cerca de 35 centímetros de comprimento, com envergadura de 50 a 55 centímetros. / Foto: Ronaldo Koloszuk
A ave Mede cerca de 35 centímetros de comprimento, com envergadura de 50 a 55 centímetros. / Foto: Ronaldo Koloszuk

Seu peso está entre 203 e 305 gramas para os machos da espécie e entre 142 e 291 gramas para as fêmeas. Geralmente o frango d’água mais conhecido do país; ao contrário do frango-d’água-comum (Gallinula chloropus), tem um escudo chato e azul esbranquiçado, pernas amarelas e “farol de ré” branco não bipartido. Imaturo parecido com o frango-d’água-comum, mas de coloração pardo-amarelada, podendo lembrar um maçarico ou uma jaçanã jovem.

Eles aparecem por todo o Brasil e também do sudeste dos Estados Unidos e México até o norte da Argentina. É migratório, praticamente desaparecendo do sul do País durante o inverno.

*Com informações de assessoria

Comentários