Home Regionalismo Agenda Cultural Banda da Caxuxa reúne 5 mil foliões na Cachoeirinha

Banda da Caxuxa reúne 5 mil foliões na Cachoeirinha

2 min - tempo de leitura
55

Na última terça-feira, 05, cerca de 5 mil foliões se divertiram na Banda da Caxuxa, na rua Parintins, na Cachoeirinha. O lugar é berço de grandes nascimentos culturais da cidade de Manaus. Lá, por exemplo, nasceu o Bloco do Macacão (1973), o imbatível Murrinhas do Egito (1974), o bloco Andanças de Ciganos (1976, hoje GRES Andanças de Ciganos), o invocado Setembro Negro (1977), o famoso Barraka’s Drinks (1980), o grupo musical Cio da Terra (1981) e o embrião do aloprado bloco Aluga-se Moças (1985).

Também no mesmo cruzamento funcionou, durante décadas, o inesquecível boteco Top Bar, do saudoso Aristides “opa, maninho!” Rodrigues, que hoje a gente tenta emular, inutilmente, no Bar da Kátia, mais conhecido como “Canto do Fuxico”.

Kátia Flávia

A Banda da Caxuxa é uma criação coletiva do analista de sistemas e livreiro Simas Pessoa (vulgo DJ Careca Selvagem) e dos advogados Juarez Tavares e Newton Melo, com a assessoria técnica da Kátia Flávia, proprietária do boteco-sede da banda.

Simão Pessoa, Marcus Pessoa, Simas Pessoa (Careca Selvagem)

A banda da Caxuxa é uma das poucas da cidade de Manaus totalmente independente e que não recebe um centavo da Prefeitura de Manaus ou do Governo do Estado. Toda a infraestrutura da festa (palco, iluminação, aparelhagem de som, bandas musicais, banheiros químicos e brinquedos infantis) custeada integralmente pelos brincantes, mediante contribuições voluntárias que variaram de R$ 50 a R$ 100.

Abaixo, alguns flashes dos foliões na 9ª edição da Banda da Caxuxa .

 

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por Marcus Pessoa
Carregar Mais Em Agenda Cultural

Deixe uma resposta

Leia Também

Passeata de Nicson Marreira em Tefé foi um circo do horror protagonizado por 5 mil pessoas entre elas, muitas crianças

No sábado (24), a cidade de Tefé, distante 523km de Manaus, testemunhou um verdadeiro circ…