Página Inicial Notícias Manaus Barraco em Manaus: Homem é flagrado com vale fidelidade de puteiro e mulher paga de doida

Barraco em Manaus: Homem é flagrado com vale fidelidade de puteiro e mulher paga de doida

3 minutos de leitura
14,195

Um vídeo pra lá de inusitado tem se tornado viral nas redes sociais em Manaus. Nele, uma mulher protagoniza um barraco digno de novela mexicana. A mulher aguarda o marido chegar em casa e avisa que está “tremendo de raiva”. Assim que o marido, identificado como Felipe, chega em casa, ela o convida de forma carinhosa.
“- Senta aqui, amor”, convida a mulher nervosa. “-Senta aqui pra gente conversar” insiste no convite enquanto registra o momento.
Ele então vai guardar as coisas no guarda-roupa, quando ela começa.
“- Agora tu tem cartão fidelidade de puteiro, é?” questiona a fiel.
“- Isso aí não é meu não, ta doidé?” responde o jovem acuado.
“- Isso aqui não é teu, não? Tem teu nome escrito aqui não?” revela a mulher possuída pelo espírito CSI

No caso, trata-se de um cartão fidelidade de uma casa de prostituição. Ao que tudo indica, pode ser o cartão fidelidade de uma casa de prostituição recentemente fechada em Manaus e que oferecia aos seus clientes justamente um “Cartão Fidelidade”.

“Come 4 putas e ganha uma grátis, é?” indaga a mulher nervosa.

“- Tu tá doidé?!?”, responde o rapaz mantendo a calma

A discussão acalorada continua até o momento em que ela sai do quarto e entra no banheiro para pegar um terçado novinho em folha que tem ainda até a etiqueta.

“- Pera lá, tu vai me pagar, pera lá”, enfatizou a moça doida por vingança

Nesse momento o rapaz fica assustado ao ver o tamanho do terçado que o esperava e começa a gritar com ela
“-Tu tá ficando doida é caralho, vá levar essa porra daqui?” ordena o rapaz com medo de morrer
“- Senta, senta aí, Felipe, senta!” responde a moça endiabrada.

O vídeo da discussão está abaixo, e por motivos óbvios, não exibimos a cara do Felipe.

 

Comentários

Carregue Mais Artigos Similares
Carregue Mais Por Marcus Pessoa
Carregue Mais Em Manaus
Comentários fechados