Biblioteca Estadual do Amazonas

459

Ontem foi reinaugurada a Biblioteca Pública Estadual do Amazonas e de acordo com a Secretaria de Cultura, com algumas novidades, os  acervos de 65 mil livros foi ampliado para 350 mil volumes, todos prontos para serem utilizados pelos estudantes e amantes da leitura. A biblioteca está bem estruturada, e tudo parece uma maravilha no momento, esperemos que dure!

Com a reforma, o prédio ganhou sistema de proteção contra incêndio, câmeras de vigilância em todas as instalações, sistema de som e aparelho para controle de visitantes com cartão magnético, a Biblioteca passou a contar com acessibilidade para os deficientes físicos, visuais e auditivos.

E outra coisa bem tecnológica foi que todos os livros, segundo a SEC, possuem chip que emitem alertas sonoros quando passam pela porta de saída sem antes receber a devida liberação.

Desta vez, a Biblioteca adotou um sistema de carteirinhas para facilitar e controlar o acesso. Neste post estarei me apropriando das palavras da minha cara Evany Nascimento do blog Paneiro para contar como foi a sua experiência na Biblioteca. A Evany que é uma das pessoas mais ativa do grupo Abre Biblioteca e que nos conhecemos ano passado através de um amigo em comum.

Biblioteca Estadual do Amazonas
Biblioteca Estadual do Amazonas
Biblioteca Estadual do Amazonas
Biblioteca Estadual do Amazonas
Biblioteca Estadual do Amazonas
Biblioteca Estadual do Amazonas

 

Primeiros relatos da Evany

A Biblioteca Pública do Amazonas abriu as portas com novidades. Uma delas é a carteirinha do usuário. Para tirar é um processo simples. A documentação necessária é a Carteira de Identidade ou um documento com foto. A pessoa vai direto ao balcão com uma das atendentes, elas pedem o documento, e fazem o cadastro com mais outros dados: endereço e telefone. O número do CPF também fica registrado no cadastro. A foto é feita nesse momento, com uma webcam. A carteirinha pode ser impressa na hora, não demora muito, a não ser que tenha uma fila grande para fazer cadastro. Para crianças, basta que estejam acompanhados por um responsável para informar a data de nascimento, endereço, telefone.

Carteirinha e Regulamento de Uso da Biblioteca Pública do Amazonas
Carteirinha e Regulamento de Uso da Biblioteca Pública do Amazonas

 

Com a carteirinha em mãos a pessoa pode passar pela catraca que separa o salão de entrada do acesso às escadas e salas do primeiro piso. Foram colocadas duas catracas. A carteirinha é a identificação automática. Ela contem as informações de nome, RG, data de nascimento, inscrição (na Biblioteca) e validade (de dois anos).

Junto com a carteirinha a pessoa recebe o Regulamento de Uso, ou seja, as normas para a utilização dos espaços, serviços e acervos da Biblioteca Pública do Amazonas. Trata-se de um “livreto” com 33 artigos publicado pela Portaria 049/2011, de 21 de outubro de 2011, página 19, caderno executivo do Diário Oficial do Estado.

O acesso, está liberado para qualquer pessoa, mesmo que não tenha a carteirinha, durante esse período de cadastro. Hoje eu vi muita gente entrando sem a carteirinha, mas obedecendo à regra de usar o armário para guardar seus pertences. Havia alguns idosos (homens e mulheres); pai e mãe tirando carteirinha junto com os filhos; professores; pesquisadores… Alguns foram apenas fazer a carteirinha para voltar depois. Outros aproveitaram e foram logo conhecer a Biblioteca recém-aberta. Vi também alguns turistas passando e outros aproveitando para entrar e fotografar a escada e se esticar todo pra tentar pegar uma pontinha da pintura monumental do segundo piso. As fotos só podem ser feitas no hall de entrada.

Então é isso! Depois desse primeiro momento de cadastro o acesso à Biblioteca passa a ser mais rápido.

Biblioteca Estadual do Amazonas
Biblioteca Estadual do Amazonas


Para maiores informações consultar:
Biblioteca Pública do Amazonas
Rua Barroso, 57 – Centro Histórico – Cep: 69010-050 – Manaus-Amazonas-Brasil
Tel.: 55 92 3234 0588
Segunda a sexta: 8h às 20h – Sábado: 8h às 14h
bpublica@culturamazonas.am.gov.br  –  culturadoam.blogspot.com  –  twitter.com/Cultura_AM

Comentários

comentários

Loading...