Chacina contra jogadores do Compensão e T5 Jamaica no bairro da Compensa foi caso isolado

853

Na noite desta última terça-feira (12), por volta das 22h , enquanto treinavam os times do Peladão Compensão e T5 Jamaica , ambos do bairro Compensa, no Centro Social Urbano (CSU) do bairro Compensa, na Zona Oeste de Manaus, seis pessoas morreram após serem baleadas por criminosos.

De acordo com a Polícia Militar do Estado do Amazonas (PM-AM), um bando encapuzado desceram de pickups armados até os dentes e fizeram diversos disparos de fuzil em direção ao campo de futebol. Na confusão generalizada, outras nove pessoas ficaram feridas e uma viatura da Polícia foi atingida.

Após os disparos, o grupo de criminosos fugiu em dois carros.

As vítimas foram identificadas pelo Instituto Médico Legal (IML), entre eles estão, o gerenciador Davi Costa da Silva, 27 anos; o segurança Ronaldo Oliveira de Souza, 23 anos; Michel de Sena Passos, 33 anos; Edilson Xavier Diniz Júnior, 24 anos; o estudante José Diego Sena Serrão, 17 anos; e Rodrigo Oliveira de Souza, de 24 anos.

Os feridos foram encaminhados para o SPA Joventina Dias e ao Hospital e Pronto Socorro 28 de Agosto.

A Secretaria de Segurança Pública do Estado do Amazonas (SSP-AM) informou que o comandante-geral da PM, coronel David Brandão, seguindo determinação do secretário de Segurança Pública, Bosco Saraiva, colocou todo o efetivo das tropas de Choque, Rocam, Força Tática e das Cicoms em regime de plantão. Até o momento, não há qualquer registro de novas ocorrências do tipo pela cidade.

Jogadores mortos na chacina no CSU da Compensa / Divulgação
Jogadores mortos na chacina no CSU da Compensa / Divulgação

Comentários