Página Inicial Notícias Política Câmara aprova urgência na Nova Lei do Gás para destravar os investimentos no setor

Câmara aprova urgência na Nova Lei do Gás para destravar os investimentos no setor

8 minutos de leitura
105

Nesta quarta-feira, 29/7, o plenário da Câmara dos Deputados aprovou por 323 votos favoráveis a 113 contrários, o regime de urgência para o projeto de lei 6407/2013, que estabelece novo marco legal para o mercado de gás natural do país, a chamada Nova Lei do Gás, que facilita a operação de empresas privadas ao setor de gás, para aumento de concorrência e diminuição no preço do produto. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou que a matéria poderá ser pautada daqui duas semanas. A votação é um indicativo importante de destravamento do texto, que estava parado há meses na casa.

Câmara aprova urgência na Nova Lei do Gás para destravar os investimentos no setor – Imagem: Divulgação

O objetivo da mudança é destravar os investimentos no setor. Com o novo marco regulatório, as empresas privadas terão acesso ao segmento de escoamento e transporte do gás natural, o que deverá aumentar a concorrência e reduzir os preços do produto.

A aceleração na tramitação na Nova Lei do Gás é fruto de uma articulação entre Maia e o ministro da Economia, Paulo Guedes. Enquanto as atenções estão voltadas para a reforma tributária, encaminhada na última semana pelo governo ao Congresso, Maia, outrora crítico do texto, se aproximou da equipe econômica e acelerou o andamento da matéria. Nesta quarta-feira, votaram contra o regime de urgência apenas PT, PCdoB, PDT, PSOL e Rede, indicando acordo para a tramitação da matéria. Após a votação da Câmara, o texto também precisa passar pelo Senado.

O presidente da Assembleia Legislativa do Amazonas – ALEAM, Josué Neto, declarou nas redes sociais que o Estado do Amazonas já deveria ter a Lei do gás desde março.”Já tá mais do que na hora do Amazonas ter sua lei. O Amazonas era pra ter sua Lei do Gás 90 dias atrás, em março. A atual lei que regula o mercado do gás no Amazonas é inconstitucional e extremamente contrária ao novo sentimento vivido em todo o País, que é o de abrir o mercado do gás. A Procuradoria-geral da República já atestou que a Lei atual da Cigás é inconstitucional. Agora é hora do Amazonas ter sua Lei de abertura do mercado do gás ” declarou Neto.

Ao Portal No Amazonas é Assim Josué Neto comentou a aprovação do regime de urgência para o projeto de lei 6407/2013 e lamentou o fato do Amazonas todavia não possuir lei. “A câmara de deputados aprovou em regime de urgência a deliberação em plenario do PL da “abertura do mercado de gás natural” ou “novo marco regulatório do gás natural”. Começamos a tratar desse tema tão importante em março. O Amazonas era para ser pioneiro. Agora nesse momento temos que correr contra o tempo” lamentou Josué.

O relatório aprovado pela Comissão de Minas e Energia em outubro do ano passado altera o regime de exploração de gasodutos no Brasil, que permite que empresas possam atuar neste mercado por autorização e não mais por concessão. Essas autorizações dependem apenas da apresentação de projeto pela empresa interessada e aval da Agência Nacional do Petróleo (ANP). O modelo atual, de concessão, requer a realização de um leilão entre todas as empresas interessadas em investir no setor. O objetivo da mudança é destravar os investimentos no setor. Com o novo marco regulatório, as empresas privadas terão acesso ao segmento de escoamento e transporte do gás natural, o que deverá aumentar a concorrência e reduzir os preços do produto.

Aguardam votação no Congresso outros projetos que têm por objetivo a abertura do mercado de infraestrutura no país, como o marco regulatório das ferrovias e do setor elétrico. O marco do saneamento básico foi aprovado recentemente, e segundo estimativas do governo, deve atrair 700 bilhões de reais de investimentos ao país.

Já tá mais do que na hora do Amazonas ter sua lei. O Amazonas era pra ter sua Lei do Gás 90 dias atrás, em março. A…

Posted by Josué Neto on Wednesday, July 29, 2020

 

Comentários

Carregue Mais Artigos Similares
Carregue Mais Por No Amazonas é Assim
Carregue Mais Em Política

Deixe uma resposta