Campanha contra o vírus da Influenza A H1N1 inicia nesta quarta, saiba detalhes

Na próxima quarta-feira (20), tem início a campanha de vacinação contra o vírus da Influenza A H1N1, em Manaus e Interior. A prioridade é o grupo de risco, devido a situação de urgência. Já os demais devem aguardar a campanha nacional, que começa em abril.

Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Quem faz parte do grupo de risco, deve comparecer no local de vacinação portando carteira de vacinação e documento de identificação. Quem tem doenças crônicas ou especiais é necessário também estar com a prescrição médica e o motivo da indicação da vacina. Os pacientes crônicos do SUS devem ir aos postos em que estão registrados para receberem a dose.

O grupo de risco engloba pessoas com mais facilidade de contraírem o vírus e espalharem, como:

– Idosos acima de 60 anos;
– Crianças de 6 meses a 6 anos incompletos;
– Grávidas e mulheres de resguardo até 45 dias após o parto;
– Doentes crônicos (Diabetes, Hipertensão, portadores de doenças neurológicas, pessoas com comprometimento pulmonar, entre outros);
– Trabalhadores da saúde;
– Profissionais da educação;
– Povos Indígenas;

Esquema de segurança
A Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSP-AM) vai coordenar ações de segurança durante a campanha de vacinação contra o vírus da Influenza A H1N1. Segundo o chefe da Seção de Operações do Estado, Tenente-coronel Dias Figueiredo, a Polícia Militar estará apoiando em todos os locais de vacinação, na capital e interior.

“Estaremos usufruindo da estrutura do CICC para qualquer situação em que exija um esforço maior. Nós acreditamos que com a ação preventiva em todos os locais de vacinação evitaremos tumultos. Estamos cientes dos dez locais de unidades básicas de horário estendido. Nós vamos ter um cuidado especial reforçando o efetivo”, ressaltou.

A campanha, que é destinada somente a grupos prioritários, ocupará 1.535 salas de vacinação em todo o Estado, localizadas em Unidades Básicas de Saúde da capital e do interior. Além das unidades municipais, os Centros de Atenção Integral à Criança (Caic) e de Atenção Integral ao Idoso (Caimi) também estarão vacinando os púbicos específicos. As pessoas devem procurar a unidade mais próxima de casa.

Segundo a diretora-presidente da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), Rosemary Costa Pinto, a campanha contará com 400 mil profissionais. “Temos uma mobilização de mais de 400 mil profissionais da saúde que participarão dessa campanha. Nesse momento estamos contando com o apoio e a estrutura conferida aqui no CICC para que nós possamos ter uma campanha organizada e segura. É fundamental esse apoio no sentido de que principalmente as unidades básicas que porventura tenham risco de turbulências seja garantida a segurança tanto dos usuários quanto dos profissionais”, disse.

*Com informações de assessoria

Comentários

Receba nossas atualizações em seu e-mail: