Campanha do Governo do Amazonas divulgará atrativos turísticos do Estado

69

Cerca de 70% da população amazonense não conhece os atrativos turísticos do Estado. Os dados foram apresentados pelo presidente da Empresa Estadual de Turismo (Amazonastur), Orsine Junior, durante a 11ª edição da Conferência Nacional de Turismo Sustentável (Conates), realizada em Manaus.

Campanha do Governo do Amazonas divulgará atrativos turísticos do Estado / Foto : Divulgação
Teatro Amazonas, o cartão postal mais importante de Manaus / Foto : Divulgação

Para combater esse desconhecimento da população, o Governo do Amazonas, por meio do órgão estadual de turismo, fará uma campanha de endomarketing em 2018, com o principal objetivo de fazer com que o próprio amazonense conheça mais os atrativos do Estado e que possa servir de propagador das belezas do Amazonas.

Campanha do Governo do Amazonas divulgará atrativos turísticos do Estado / Foto : DivulgaçãoCampanha do Governo do Amazonas divulgará atrativos turísticos do Estado / Foto : Divulgação
Serra do Aracá, em Barcelos, um dos mais belos atrativos turísticos do Estado / Foto : Divulgação

O presidente da Amazonastur, Orsine Junior, disse que, o turismo amazonense passa por um novo momento e o Governo do Estado, tem o objetivo de despertar o interesse do turista para vir ao Amazonas e conhecer as belezas naturais da região com as suas lindas praias, como as de Maués, Barcelos, Iranduba, entre outros municípios.

Campanha do Governo do Amazonas divulgará atrativos turísticos do Estado / Foto : Divulgação
Cachoeira do Santuário em Presidente Figueiredo / Foto : Divulgação

O titular da Amazonastur citou também, como exemplo, o Parque Estadual Serra do Aracá, em Barcelos, onde está localizada a maior cachoeira em queda livre do Brasil, El Dourado, que tem mais de 350 metros de altura. Além da cachoeira do Mutum, em Presidente Figueiredo.

Campanha do Governo do Amazonas divulgará atrativos turísticos do Estado / Foto : Divulgação
O Encontro das Águas, um dos principais atrativos turísticos do Estado / Foto : Divulgação

Comentários