Inicial Notícias Política Carlinhos Bessa deixa liderança do Governo e recebe reconhecimento de parlamentares

Carlinhos Bessa deixa liderança do Governo e recebe reconhecimento de parlamentares

A saída do deputado estadual Carlinhos Bessa (PV) da liderança do Governo na Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam) ganhou repercussão entre os seus pares, que reconheceram a atuação do parlamentar enquanto esteve na função. O deputado estadual Wilker Barreto (PHS), líder da oposição do Governo na Aleam, considerou a mudança como ação errada do governador. “O deputado Carlinhos Bessa estava em processo crescente de qualidade e de liderança. O governador erra precocemente quando tira o líder que transita bem com a base e a oposição. A liderança não é só tribuna, é relacionamento com seus pares”, disse o deputado oposicionista.
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação
Assim como Wilker, o deputado Abdala Fraxe (Podemos) considerou a medida incorreta. “Tenho certeza e convicção absoluta que vossa excelência estava fazendo um trabalho que iria dá um resultado muito grande para o governo, mas infelizmente houve essa medida” declarou.
O presidente da Aleam, deputado Josué Neto (PSD) destacou a atuação política e articulação de Bessa na Casa. “Nunca vi o deputado Carlinhos Bessa se colocar acima de qualquer pessoa aqui. Ele não foi escolhido líder apenas por uma pessoa, mas por um grupo de deputados que acreditam na sua nova forma de fazer política, com transparência, comprometimento e diálogo”, lembrou.
Enquanto os deputados eram solidários à Bessa pela decisão, o deputado estadual Roberto Cidade (PV) aproveitou o momento para passar a liderança do partido ao parlamentar. “Você foi muito firme, atuante e sempre defendeu a política correta. Saio da liderança do Partido Verde e passo para vossa excelência por acreditar no seu trabalho e na sua capacidade”, disse Cidade.
Durante os 51 dias, Bessa enfrentou na Casa a pressão de denúncias de irregularidades feitas pela oposição ao Governo. Os deputados Dr. Gomes (PRP), Augusto Ferraz (DEM), Alessandra Câmpelo (MDB), Dermilson Chagas (PP) e Joana Darc (PR) também discursaram durante a Sessão Plenária em favor de Bessa. Para os parlamentares, a atuação do deputado enquanto líder deve ser vista como aprendizagem e oportunidade para demonstrar sua capacidade de articulação política.
*Com informações de assessoria

Comentários

Carregue Mais Notícias Relacionadas
Comentários estão fechados.