Carlinhos Bessa se fortalece e renova a esperança de Tefé ter um deputado

239

Filho do ex-deputado Eduardo de Nunes de S√°, o Sazinho e irm√£o do prefeito de Tef√©, o advogado Carlinho Bessa carrega nos ombros o peso da responsabilidade de representar o m√©dio Solim√Ķes na Assembleia Legislativa.

Calmo e bem humorado, ele traz no Curriculum a experi√™ncia da vida jur√≠dica, onde atuou tanto como advogado de institui√ß√Ķes p√ļblicas como privadas. Mas foi na vida p√ļblica que enxergou a import√Ęncia e a necessidade da representatividade na capital amazonense.
Depois de quase um ano e meio como representante do munic√≠pio de Tef√©, em Manaus, Carlinhos Bessa sentiu na pele o que √© n√£o ter um porta voz de peso na capital. ‚Äú√Č, sem d√ļvida, uma das maiores dificuldades para quem dirige a Casa de Apoio de Tef√© e regi√£o em Manaus, a aus√™ncia de uma lideran√ßa no Estado. O trabalho da Representa√ß√£o depende direto das institui√ß√Ķes de sa√ļde e de pessoas ligadas ao governo, que podem dificultar ou facilitar o atendimento de sa√ļde dos nossos pacientes. Ter um representante nosso l√° ser√° uma porta aberta para o atendimento mais r√°pido‚ÄĚ, destacou Carlinhos Bessa.

Inspirado na metodologia de campanha que elegeu o irm√£o prefeito de Tef√©, Carlinho, 34 anos, filiado no Partido Verde – PV, segue uma rotina intensa de encontros e debates com lideran√ßas, institui√ß√Ķes e com a comunidade. ‚ÄúN√≥s escolhemos essa metodologia porque vem de encontro com os nossos projetos. N√≥s precisamos ouvir para representar melhor‚ÄĚ, explicou.

A metodologia vem dando certo, √© vis√≠vel o crescimento das manifesta√ß√Ķes em favor do candidato.

Para Normando Bessa de S√°, prefeito de Tef√©, a representatividade na Assembleia Legislativa √© uma necessidade e uma obriga√ß√£o. ‚Äú√Č inadmiss√≠vel que uma regi√£o como a nossa n√£o tenha um deputado. Todas as elei√ß√Ķes elegemos candidatos de outras cidades e quando precisamos de apoio em Manaus vamos procurar quem?‚ÄĚ, indagou.

Normando disse que √© preciso ter cuidado com o que ele chamou de Oba! Oba! e alertou para as campanhas milion√°rias. ‚ÄúN√£o se pode brincar com o dinheiro p√ļblico. Quem faz da pol√≠tica um neg√≥cio, um investimento, est√° buscando retorno financeiro e isso a popula√ß√£o j√° entendeu, por isso vivemos outro momento, mas precisamos nos fortalecer para um projeto maior‚ÄĚ, destacou. Ele disse ainda que n√£o se pode admitir que pessoas que se apresentam como lideran√ßas locais ficarem abra√ßando projetos alheios aos interesses do povo tefeense a troco de dinheiro. ‚ÄúContinuam querendo vender o voto do tefeense‚ÄĚ, atacou.

Com as demandas de sa√ļde regional e o atendimento custeado apenas pelo munic√≠pio de Tef√© todo investimento em sa√ļde ser√° insuficiente. Essa realidade poder√° ser mudada agora. Se a esperan√ßa e responsabilidade andarem juntas nesta elei√ß√£o Tef√© estar√° em boas m√£os.

Fonte : O Solim√Ķes

Coment√°rios