Casa de Apoio de Tefé Madre Teresa de Calcutá divulga relatório de gestão 2017

32

Com a finalidade de apoiar os tefeenses em tratamento em Manaus, a Casa de Apoio de Tefé Madre Teresa de Calcutá, ligada a Secretaria Municipal de Saúde da Prefeitura Municipal de Tefé, divulgou nesta quinta-feira ( 29/03), o Relatório de Gestão 2017. Entre os destaque a instituição realizou cerca de 1.891 atendimentos de pacientes de Tefé, além do apoio aos 1.407 pacientes agendados pelo Centro de Regulação – Hospital Regional de Tefé.

De acordo com o representante do município de Tefé em Manaus, Carlos Bessa que deixa o cargo após 1 ano e 4 meses, foi uma experiência que proporcionou ajudar o próximo no que tem mais valor à saúde. ” Quando assumimos a Casa de Apoio, era um local insalubre para atender os pacientes, com vários colchões velhos e rasgados, não tinham ar-condicionados nos leitos e nem portas. Em nossa gestão, buscamos fazer o melhor com o que estava a nossa disposição, assim, nós pedimos autorização ao prefeito Normando Bessa para mudarmos para um local mais adequado, compramos novos colchões, investimentos em equipamentos e solicitamos mais carros e ambulância para dar mais qualidade de vida aos nossos conterrâneos. Impossível não ficar emocionado, com tantas histórias vivenciadas neste local, pessoas que chegavam desacreditava no poder público e que após o nosso acompanhamento alcançavam a solução de seu problema”, salientou Carlos.

Carlos Bessa  / Foto : Divulgação
Carlos Bessa / Foto : Divulgação

“Os tefeenses são guerreiros e que desbravam as desventuras da vida, com dignidade e persistência, e aqui na Casa de Apoio, apenas tentávamos amenizar essa luta proporcionando, aqueles que não tinham condições de pagar, por exemplo, pela hospedagem, alimentação, medicamento e transporte durante o tratamento de saúde, a possibilidade de usufruir, desta forma, através da nossa estrutura e da nossa equipe de profissionais multidisciplinar, o serviço disponibilizado para o bem comum”, comentou Carlos.

Um dos acolhidos, o senhor Francisco Bier da Silva (“Seu Bier”, chamado carinhosamente no local), é interno na Casa de Apoio desde o dia 15 de março, por conta de uma fratura em uma das pernas. Para seu Bier “o auxílio prestado pela casa é essencial para que eu possa realizar o tratamento que preciso. Estou na casa em companhia da minha esposa Elizabete, e recebo assistência da Casa de Apoio há 5 anos, porém neste último ano, o atendimento melhorou muito”, declarou.

Além de adultos, a casa também atende bebês, como o caso da pequena Emily de 1 ano, que recebe assistência da Casa de Apoio desde que passou por cirurgia nos primeiros cinco dias de nascida, por conta de uma má formação na coluna. Terezinha Barbosa Lima, mãe de Emily, contou que tem mais 4 filhos que ficaram com o pai na cidade de Tefé. Para Terezinha “nesse momento difícil, o carinho e o apoio que eu e minha filha temos recebido dos funcionários da casa ao longo desse um ano de internação, ameniza um pouco mais as tribulações da vida, e acredito que sairei daqui com a minha filha recuperada graças ao apoio recebido”, desabafou.

O senhor Francisco Rodrigues da Silva, 56 anos, morador do bairro de Juruá em Tefé, disse que está na casa de apoio desde o inicio do mês de março. Ele conta que possui uma cardiopatia e que durante o tratamento em Manaus recebe auxílio completo da casa de apoio.

Todos os pacientes internados na casa possuem acompanhantes que também recebem alimentações e translado durante o período que estão na capital amazonense.

Dr. Carlos Bessa e Dr. Roger M Reis / Foto : Divulgação
Dr. Carlos Bessa e Dr. Roger M Reis / Foto : Divulgação

SOBRE A INSTITUIÇÃO

A Casa de Apoio de Tefé Madre Teresa de Calcutá, foi criada em 21 de maio de 2013, segundo LEI COMPLEMENTAR Nº 044/2013, como espaço municipal extensivo ligado a Secretaria Municipal da Representação/Saúde, destinado aos pacientes e familiares que são encaminhados para tratamentos na Rede do Sistema Único de Saúde (SUS), em Manaus. Sua principal proposta é fortalecer o acolhimento e o compromisso com o tratamento de saúde dos tefeenses na capital do Amazonas.

Sua principal proposta é aprimorar o acolhimento e o compromisso com o tratamento de saúde dos tefeenses na capital.Tem como objetivo:oferecer apoio sócio-estrutural, acolhendo os cidadãos tefeenses que não tem parentes e nem condições de pagar pela hospedagem, alimentação, medicamento e transporte durante o tratamento de saúde, com altas temporárias, retornos e acompanhamentos. A casa de Apoio de Tefé é composta por uma Equipe multidisciplinar de 12 profissionais sendo estes,responsáveis pelo fluxo do trabalho direcionado aos pacientes.

CONSOLIDADOS DOS DADOS DE 2017 - 1
Funcionários da Casa de Apoio de Tefé em Manaus / Foto : Divulgação
Funcionários da Casa de Apoio de Tefé em Manaus / Foto : Divulgação

Comentários