Cheia do rio Negro de 2014 dever√° impactar 12 bairros!

1069

Se o Rio Negro continuar no ritmo que ele está, pelo menos 12 bairros de Manaus serão afetados pela cheia de 2014 em plena Copa do Mundo! Pelos atuais estudos, o nível máximo de 29, 49 metros, segundo o Serviço Geológico do Brasil (CPRM) será atingido na segunda quinzena de Junho.

Abaixo segue a reportagem do A Critica.

Rua Barão de São Domingos será uma das afetadas pela cheia deste ano. A maior cheia da história aconteceu em 2012, quando o rio Negro atingiu 29,97 metros (Arquivo: AC)
Rua Barão de São Domingos será uma das afetadas pela cheia deste ano. A maior cheia da história aconteceu em 2012, quando o rio Negro atingiu 29,97 metros (Arquivo: AC)

A cota de 27,48 metros que o rio Negro atingiu na tarde desta quarta-feira (16), está pouco acima da média para o período, segundo o Serviço Geológico do Brasil (CPRM). No mesmo período no ano passado, o rio Negro registrou 27,40 metros, uma diferença de 8 centímetros. No entanto, o nível não é considerado pelo órgão um motivo de alarde para a cidade.

O rio Negro vinha subindo uma média de 8 centímetros por dia desde o início da cheia, mas reduziu o ritmo para 5 centímetros. De acordo com o gerente de hidrologia e gestão territorial do CPRM, André Luis Martinelli, o ritmo de subida sempre é variável. Ele cita, por exemplo, que de terça-feira para quarta-feira o rio Negro subiu 5 centímetros.

O CPRM prev√™ que a cota m√°xima do rio Negro este ano atinja 29,49 metros, conforme divulgado no √ļltimo dia 31 de mar√ßo, no primeiro alerta de cheia para Manaus. O superintendente do CPRM, Marco Ant√īnio Oliveira, informou, na ocasi√£o, que qualquer cheia que ultrapasse a cota de 29 metros afeta a popula√ß√£o que vive nas √°reas de risco. A cota emergencial de Manaus √© de 28,84 metros.

O nível máximo do rio Negro deve ser atingido na segunda quinzena de junho, mesmo período da realização da Copa do Mundo de Futebol. O segundo alerta será emitido no dia 30 deste mês. No ano passado, a cheia do rio Negro atingiu 29,33 metros e em 2012 o rio Negro chegou a 29,97 metros, quando foi registrado o recorde de cheia em 112 anos, desde que o rio passou a ser monitorado no Porto de Manaus, em 1903.

Ao todo, 20 bairros foram atingidos pela cheia recorde de 2009. Este ano, o diretor operacional da Defesa Civil do Munic√≠pio, Cl√°udio Bel√©m, estima que a cheia n√£o ultrapasse 29,20 metros, o que resultar√° em, pelo menos, 12 bairros atingidos. Entre as √°reas que ser√£o afetadas est√£o as ruas do Centro, tais como, Bar√£o de S√£o Domingos, dos Bar√©s, Guilherme Moreira, dos Andradas e avenidas Eduardo Ribeiro e Floriano Peixoto, pr√≥xima √† Alf√Ęndega.

A Defesa Civil continua o monitoramento diário da subida das águas do rio e começou a tomar providência para minimizar os impactos com a construção de pontes de madeira e orientação a comerciantes e moradores das áreas que serão afetadas.

O encarregado do Serviço Hidrográfico do Porto de Manaus, Valderino Pereira da Silva, monitora a subida e descida do rio Negro há 45 anos e avalia que a cota atual está dentro de uma média normal. Ele preferiu não arriscar em confirmar ou contestar a previsão de nível máximo dos órgãos de monitoramento, mas disse que será uma cheia com impactos principalmente nos bairros localizados na orla da cidade.

Coment√°rios