Como as mulheres se viravam para evitar gravidez na antiguidade

871

Desde a antiguidade evitar gravidez indesejada sempre foi um problema para os casais. Felizmente, a pilula anticoncepcional possibilitou as mulheres a se libertarem de conceitos antigos e causou uma verdadeira revolu√ß√£o. Mas antes da p√≠lula ser inventada, as mulheres j√° tinham ‚Äúcontrole‚ÄĚ sobre uma poss√≠vel gravidez. Alguns destes m√©todos n√£o parecerem l√° muito seguros e alguns soam aterrorizantes.

Para aparecerem nessa lista os métodos anticoncepcionais tinham que ser, minimamente, plausíveis. Há registros de mulheres da antiguidade que usavam danças e amuletos para prevenir a gravidez. Segue a lista de 6 métodos naturais usados antigamente e alguns que funcionavam muito bem!

1- Algod√£o com pasta de ac√°cia

Algod√£o com pasta de ac√°cia
Algod√£o com pasta de ac√°cia

Antigamente as mulheres faziam uma pasta de ac√°cia misturada com casca de √°rvores e passavam em um tufo de algod√£o. Pegavam o tufo de algod√£o e usavam como “um tamp√£o” que era inserido dentro do canal genital, impedindo a gravidez.

Tanto o algod√£o como a ac√°cia t√™m propriedades espermicidas. A ac√°cia fermenta e se transforma em √°cido l√°tico, enquanto o algod√£o servia de barreira entre o s√™men e o √ļtero. Durante os tempos de escravid√£o, as escravas mastigavam ra√≠zes de algod√£o para prevenir a gravidez. A raiz de algod√£o diminui a produ√ß√£o de progesterona, um horm√īnio que √© necess√°rio para a gravidez.

2- Lim√£o

 Lim√£o
Lim√£o

O lim√£o tamb√©m j√° foi muito usado como espermicida. As mulheres da antiguidade costumavam ensopar esponjas em suco de lim√£o e depois inseri-las no canal genital (aiii!!!). Era o m√©todo preferido em comunidades judaicas antigas. Dizem que era comum os homens usarem a casca de lim√£o como uma esp√©cie de “camisinha feminina” em suas amantes, para isso cortavam metade de um lim√£o tiravam a poupa e formava um tamp√£o que era inserido no canal genital. Outro m√©todo muito usado tamb√©m era banhar o √≥rg√£o genital da mulher com suco de lim√£o ap√≥s o coito, apesar de n√£o ser um m√©todo muito eficiente.

3- Cenoura selvagem

Cenoura selvagem
Cenoura selvagem

A cenoura-selvagem (Daucus carota), uma erva tamb√©m conhecida como ‚ÄúRenda da Rainha‚ÄĚ produz sementes que, h√° muito tempo, foram usadas como anticoncepcionais. Pelo que se sabe, as sementes bloqueiam a s√≠ntese de progesterona, funcionando como uma esp√©cie de p√≠lula do dia seguinte, que podem ser ingeridas at√© 8 horas ap√≥s o contato com o esperma. Era um m√©todo muito usado, pois ingerir as sementes causava apenas um pouco de pris√£o de ventre e quem fizesse o uso dela poderia ter filhos saud√°veis depois sem nenhum problema.

4- Poejo

 Poejo
Poejo

O poejo (Mentha pulegium), tamb√©m conhecido no Brasil como hortel√£zinho¬† era usado pelos antigos gregos e romanos como tempero em seus alimentos e seu vinho. O ch√° de poejo era usado para induzir o aborto e a menstrua√ß√£o. Mas √© preciso ter cuidado: ingerir muito ch√° de poejo, no entanto, pode ser t√≥xico, levando √† fal√™ncia m√ļltipla dos √≥rg√£os e naquela √©poca muitas mulheres adoeciam por usarem o poejo em demasia.

5- Mam√£o verde

Mam√£o verde
Mam√£o verde

O mam√£o bem verde era muito usado no sul da √Āsia para prevenir a gravidez ou para induzir um aborto. As pr√≥prias sementes do mam√£o podem ser usadas como um ‚Äúanticoncepcional masculino‚ÄĚ. Segundo os estudiosos se as sementes forem ingeridas todos os dias, a contagem de espermatozoides no s√™men pode chegar a zero. E quando parar de comer as sementes, a produ√ß√£o de espermatozoides volta ao normal.

6- Arruda

Arruda
Arruda

A arruda que voc√™ usa para afastar mau-olhado no seu jardim foi descrita por Sorannus, um m√©dico grego do s√©culo II como abortificante. Mo√ßas em diversas regi√Ķes da Am√©rica Latina comiam verdadeiras saladas de Arruda para prevenir a gravidez e, quando queriam induzir um aborto, tomavam ch√° da planta. A arruda tem um efeito bastante efetivo para provocar a menstrua√ß√£o. Consequentemente, em casos de gravidez, √© um risco muito grande, pois estimula a contra√ß√£o das fibras musculares do √ļtero, causando forte hemorragia e at√© a morte!

Coment√°rios