Como Denunciar Crimes de Ódio na Internet

302

Cada vez mais a Internet concentra em seu conteúdo discursos de ódio explicitamente criminosos que incitam severas discriminações. Por permitir o anonimato e por parecer um terreno em que prevalece a impunidade, as redes sociais virtuais (exemplo: Orkut, Facebook, Twitter, Blogs, E-mails, Fóruns Virtuais de Discussão e etc) apresentam grandiosa presença de discursos racistas, homofóbicos, xenófobos, bairristas, intolerantes com certas religiões, hábitos, costumes e até mesmo com deficientes físicos e mentais.

Como Denunciar Crimes de Ódio na Internet
Como Denunciar Crimes de Ódio na Internet

O Crime de Ódio na Internet é duplamente perigoso. Além de discriminar e tratar de maneira degradante determinados grupos sociais, também incita o preconceito em outros usuários da rede social, especialmente crianças e adolescentes. Dessa forma, esse tipo de Crime de Ódio torna possível uma grave expansão de atos discriminatórios, discursos preconceituosos e atitudes agressivas. O que antes seria um caso individual, no mundo virtual atinge milhares de pessoas e influencia negativamente um enorme grupo de indivíduos. Todavia, é importante ter consciência de que atitudes desrespeitosas na Internet também são passíveis de punição e devem ser denunciadas devidamente.

[notification type=”notification_info” ]Clique aqui para saber mais sobre crimes de ódio como racismo, xenofobia, bairrismo, homofobia, intolerância religiosa e preconceito com deficientes.[/notification]

Como Denunciar

O denunciante deve reunir o maior número de provas possíveis. É essencial imprimir as páginas, guardar os endereços virtuais, salvar os links dos indivíduos responsáveis pelo crime e tirar cópia das ofensas. Para tirar uma cópia da página em que o preconceito está exposto deve-se usar o botão Print Screen (geralmente localizado no canto direito superior do teclado). Após situar a página no local em que apareça o endereço virtual e o conteúdo preconceituoso, o botão Print Screen deve ser pressionado. Logo depois, deve-se colar esse conteúdo (geralmente no programa Paint) e salvá-lo no computador.
Uma vez que as provas estejam reunidas, o denunciante pode dirigir-se a qualquer tipo de delegacia. Há, em certos locais, Delegacias especiais para crimes virtuais. Há também a possibilidade de denunciar o conteúdo criminoso via Internet. Os endereços de ambas as coisas encontram-se abaixo.

Clique aqui para denunciar via internet Crimes de Ódio

Endereço de Delegacias Especializadas em Crimes Virtuais

Amazonas
E-mail:
Fone:
Endereço: Delegacia Geral da Polícia Civil, no bairro Dom Pedro, zona oeste de Manaus, junto com a Delegacia Interativa.

São Paulo
E-mail: 4dp.dig.deic@policiacivil.sp.gov.br
Fone: (11) 2221-7030 .
Endereço: Av. Zaki Narchi, 152 – Carandiru – São Paulo/SP.

Rio de Janeiro
DRCI – Delegacia de Repressão aos Crimes de InformáticaEndereço: Rua da Relação, 42, 8º andar, Centro – Rio de Janeiro (RJ)
Fone: (21) 3399 – 3201/ 3399 – 3202

Belo Horizonte
DERCIFE – Delegacia Especializada de Repressão a Crimes contra Informática e Fraudes Eletrônicas
Endereço: Av. Antônio Carlos, 901, Lagoinha – Belo Horizonte (MG)
Fone: (31) 3201-5892

Curitiba
Polícia Civil do Paraná
Endereço: Rua José Loureiro 540, Centro – Curitiba (PR)
Fone: (41) 3883-8100 .
E-mail: cibercrimes@pc.pr.gov.br

Brasília
Divisão de crimes de Alta tecnologia – DICAT, Brasília (DF)
Endereço: Setor Áreas Isoladas Sudoeste, Bloco D – Brasília (DF).
Fone: (61) 3462-9531

Curte nosso conteúdo?!

Receba as notícias diretamente no seu e-mail:

Comentários