Confirmado: Menino de 12 anos foi atacado por cobra gigante em rio

1728

O corpo do menino Guilherme da Silva, de 12 anos, morador de Passos Fundo, que desapareceu na tarde de domingo, 31, enquanto se banhava no rio Teixeira, em Ipiranga do Sul, no Norte do RS, foi localizado no final da manhã desta segunda-feira, 1. As informações são da Rádio Uirapuru.

O menino e o irmão, de 15 anos, foram puxados de forma rápida para uma parte mais funda. Um adulto resgatou o mais velho, mas Guilherme foi levado por uma cobra, que se enrolou na perna do menino rapidamente, segundo três testemunhas.

O Corpo de Bombeiros de Getúlio Vargas e de Passo Fundo iniciaram as buscas no domingo, mas o menino não foi localizado. Na manhã desta segunda, vizinhos e parentes organizaram uma grande equipe de buscas por todo o rio e acabaram localizando o corpo.

Necropsia confirma que menino foi morto por ataque de cobra

A necropsia realizada, de tarde, no corpo do menino, confirmou que ele foi morto por um ataque de cobra em Ipiranga do Sul. No exame, ficou comprovado que vários ossos foram quebrados por uma pressão mecânica muito forte, inclusive um braço e costelas, o que não ocorre em um simples afogamento em riacho.

Moradores do local garantem que existem no mínimo quatro cobras gigantes, que já foram avistadas na área e que com frequência comem os animais domésticos. As cobras se procriaram na região depois que um morador das proximidades trouxe várias delas do Mato Grosso e largou em um açude, que se rompeu depois, durante uma enchente.

Confirmado: menino foi atacado por cobra gigante em rio
Necropsia confirmou que cobra atacou a criança. Foto: AU Online/Divulgação

Comentários