Conheça a lenda da Jaci, a deusa da Lua

616

Conta a lenda que Jaci é a deusa da lua, dos amantes e da reprodução na mitologia tupi-guarani. Seu nome vem da palavra tupi Iacy, que significa “Mãe dos Frutos. Segundo a lenda, ela foi criada por Tupã, o grande criador e deus dos trovões e relâmpagos. Tupã criou Jaci para ser a Rainha da Noite e trazer suavidade e temor para os homens. Mais tarde, Tupã foi pego pelo seu charme, e no final acabou se apaixonando por ela. Outra lenda diz que Jaci na verdade foi criada por Guaraci (ou Coaraci), o Sol.

Jaci, a deusa da Lua / Ilustração Divulgação
Jaci, a deusa da Lua / Ilustração Divulgação

O amor de Guaraci e Jaci

Outra lenda conta que Jaci era irmã e amante do Deus Sol Guaraci (ou Coaraci). Um dia, Guaraci estava muito cansado e por isso teve que fechar os olhos para descansar um pouco. Com os olhos fechados, tudo foi abraçado pela escuridão e então, para iluminar tudo enquanto ele dormia, ele criou a lua, Jaci. Jaci era tão linda que Guaraci logo se apaixonou por ela. Infelizmente, quando ele abria os olhos para admirar a lua, ela sempre desaparecia. Então ele criou Ruda, o Amor e seu mensageiro, para que ele pudesse dizer a Jaci o quanto ele a amava. Além disso, Guaraci criou as estrelas, seus irmãos, para estarem com ela enquanto ele dorme.

Jaci e Guaraci, a Lua e o Sol ;) Os gêmeos são os primeiros deuses criados por Tupã, o deus dos raios, e regem os seres vivos. Espero que gostem!  / Ilustração Bianca Duarte
Jaci e Guaraci, a Lua e o Sol 😉 Os gêmeos são os primeiros deuses criados por Tupã, o deus dos raios, e regem os seres vivos. Espero que gostem! / Ilustração Bianca Duarte

Outra versão

Jaci estava vagando pela Floresta amazônica, quando viu Guaraci. Ele era um guerreiro bonito, com olhos de fogo, pele dourada, e uma energia radiante. Guaraci observou Jaci e caiu em amor com sua beleza prateada e sua timidez. Conforme eles declaravam seu amor um pelo outro, Guaraci começou a queimar com tal paixão que ele percebeu que estava colocando a Terra em perigo. Ao mesmo tempo, Jaci estava tão dominada pelo amor que ela começou a chorar lágrimas de felicidade, que quase inundaram a Terra.

Jaci, a deusa da Lua / Ilustração Divulgação
Jaci, a deusa da Lua / Ilustração Divulgação

Incapazes de controlar suas emoções, Jaci e Guaraci decidiram que seria perigoso demais eles ficarem juntos. Relutantemente, eles concordaram nunca se encontrarem no mesmo local novamente. Guaraci logo esqueceu Jaci, que se certificou de nunca aparecer antes que Guaraci durma. No entanto, Jaci ficou tão inconsolável que ela chorava todas as noite. Suas lágrimas escorriam sobre as folhas das árvores, formando poças no chão da floresta e descendo pelas montanhas, criando assim o grande Rio Amazonas.

Jaci, a deusa da Lua / Ilustração Divulgação
Jaci, a deusa da Lua / Ilustração Divulgação

Comentários