Home Regionalismo Culinária Regional Conheça o prato Canhapira: um delicioso pernil assado com tucumã

Conheça o prato Canhapira: um delicioso pernil assado com tucumã

4 min - tempo de leitura
111

Uma das delícias da região norte é o tucumã. Fruto amazônico apreciado em todos os Estados da Região Norte, o tucumã é incorporado em uma receita típica da Ilha de Marajó o Canhapira, Canhaíra ou Cunhapira.  Este prato típico da ilha marajoara, faz parte da tradição da cidade de Cachoeira do Arari; situada na Ilha de Marajó, a pouco mais de 120 km de Belém.

Canhapira / Fonte : Canhapira (foto https://come-se.blogspot.com.br/2014/07/oleo-de-tucuma-nao-oleo-de-bicho-de.html)

Como fazer a Canhapira?

A base da Canhapira é o fruto do tucumanzeiro, que perfuma e colore a receita, que é um tipo de feijoada marajoara feito com carne de boi, ou de porco, acrescida de vinho de tucumã.

Receita

A receita que utilizaremos aqui é a receita ensinada por Jerônima Brito, da Fazenda São Jerônimo (Soure, Ilha do Marajó – PA) e distribuída no site do Estadão pela Neide Rigo

Ingrediente para 6 porções

  • 1,5 kg de pernil de porco
  • 2 colheres (chá) de sal
  • 1 pitada de pimenta-do-reino
  • 2 dentes de alho socados
  • 3 colheres (sopa) de suco de limão
  • 2 colheres (sopa) de óleo
  • 2 xícaras de vinho de tucumã (lascas de tucumã batidas com água suficiente para fazer um suco que deve ser peneirado)
  • Folhas de ervas (cipó-de-alho ou manjericão a gosto)

Preparo

  1. Tempere o pernil com sal, pimenta, o alho e o suco de limão. Coloque dentro de uma vasilha, tampe e deixe pegando o tempero na geladeira de um dia para outro.
  2. Refogue o pernil numa panela com óleo. Depois, cubra com água quente e deixe cozinhar em fogo baixo, repondo a água se for preciso, até a carne ficar macia e a água secar. Deixe dourar dos dois lados, retire da panela, corte em pedaços e devolva.
  3. Despeje o vinho de tucumã e as ervas que for usar e cozinhe em fogo baixo por alguns minutos para incorporar os sabores. Prove o sal, corrija se necessário.

A carne é assada lentamente na brasa, tal procedimento é chamado de moqueamento. Após o cozimento, a carne é mergulhada no vinho da fruta para realçar o sabor; além de garantir mais suculência à receita.

A iguaria estava à beira do desaparecimento na Ilha do Marajó, onde surgiu. Os marajoaras tiveram a ideia de organizar anualmente um festival do tucumã para resgatar os pratos típicos da região; fazendo com que se perpetuassem pelas próximas gerações tal tradição.

Existem outros pratos feitos com a bebida que o caboclo amazônico chama de vinho; que é preparado com a fruta macerada com água, ou seja, com o suco concentrado da fruta. As receitas sempre são acompanhadas com farinha, tacacá e maniçoba, que juntas forma um prato bem exótico.

A região amazônica possui uma diversidade de alimentos e receitas que despertam a curiosidade de seus visitantes, que ficam maravilhados com sua culinária e criatividade.

Canhapira / Foto : Neide Rigo / Estadão
Canhapira / Foto : Neide Rigo / Estadão

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por Marcus Pessoa
Carregar Mais Em Culinária Regional

Deixe uma resposta

Leia Também

Pantanal está pegando fogo em proporções nunca registradas! Uma verdadeira tragédia pro Brasil e o mundo!

Nos primeiros sete meses deste ano, o principal rio do Pantanal, o rio Paraguai, atingiu o…