Conheça os deputados federais amazonenses mais faltosos em 2016

564

Os oito deputados federais do Amazonas somaram 150 faltas nas sessões plenárias da Câmara dos Deputados, entre ordinárias e extraordinárias, em 2016. O maior colaborador para esse ranking vergonhoso, foi o deputado federal Arthur Bisneto (PSDB). Bisneto alcançou 36 faltas no total (34,2% das faltas) quantidade tão alta que o levaria a enfrentar um processo de cassação do seu mandato, mas como já conhece o caminho das pedras, justificou 22 ausências e ficou por isso mesmo.

Vale lembrar, que no último ano de seu mandato no parlamento estadual, em 2014, Bisneto teve 35 faltas e também foi medalha de ouro de deputado estadual mais faltoso.

Já, o segundo mais faltoso de 2016, foi o deputado federal Silas Câmara (PRB), com 23 faltas. O deputado federal Silas Câmara, inclusive, costuma aparecer sempre pelas primeiras posições quando o assunto é falta. Em 2015, enquanto era deputado federal pelo PSD, Silas foi o que mais faltou às sessões entre os deputados do Amazonas, foram 30 faltas.

Loading...

Em terceiro lugar ficou o deputado federal Hissa Abrahão (PDT) com 18 faltas. Em 2015, Hissa Abrahão garantiu o segundo lugar em número de faltas quando ainda era do PPS com 19 faltas em sessões  e todas não justificadas.

Os deputados federais amazonenses mais faltosos em 2016
Os deputados federais amazonenses mais faltosos em 2016 / Montagem : No Amazonas é Assim

O ranking prossegue com o deputado federal  Átila Lins (PSD) com 11 faltas, depois vem o deputado federal Alfredo Nascimento (PR) com 10 faltas, o ex-deputado federal Marcos Rotta (PMDB) com 5 faltas , por fim os menos faltosos o deputado federal  Pauderney Avelino (DEM) com apenas 2 faltas e a deputada federal Conceição Sampaio (PP), que conseguiu manter 100% de presença em sessões plenárias realizadas na Câmara dos Deputados em dois anos de seu mandato, 2015 e 2016.

Comentários

comentários

Curta nossa página do Facebook