Home Notícias Brasil Criança conta que segurança ofereceu sorvete em seguida jogou gasolina e ateou fogo

Criança conta que segurança ofereceu sorvete em seguida jogou gasolina e ateou fogo

1 min - tempo de leitura
12

Uma das crianças vítimas do segurança que ateou fogo em crianças de um creche, na manhã desta quinta-feira (5), contou o que teria acontecido para o pai. Patrick Samuel, de 4 anos, é uma das crianças feridas na tragédia em Janaúba. Ele foi atendido na Fundação Hospitalar de Janaúba (Fundajan).

Criança conta que segurança ofereceu sorvete em seguida jogou gasolina e ateou fogo - Imagem: Divulgação
Criança conta que segurança ofereceu sorvete em seguida jogou gasolina e ateou fogo – Imagem: Divulgação

Edivaldo Lourenço da Silva, pai de Patrick, contou ao jornal O Tempo o que ouviu do filho. A criança disse que antes do crime, Damião Soares dos Santos (autor) chamou os alunos da creche e ofereceu a elas sorvete e, quando elas aproximaram, ele jogou gasolina e ateou fogo.

O menino também falou sobre a professora que ajudou a salvar vários alunos. “Ele contou para mim que viu a professora incendiada, e depois ela caiu no fogo. Ele está com isso na mente direto”, afirma. Ainda de acordo com a reportagem, o homem afirmou que o filho chamou pelo pai durante a tragédia. “Ele até brigou comigo por eu não aparecer para salvá-lo”, comenta, emocionado.

Carregar Mais Matérias Relacionadas
Carregar Mais Por No Amazonas é Assim
Carregar Mais Em Brasil

Deixe uma resposta

Leia Também

Barreirinha: Saúde pública humanizada é uma das metas da pré-candidata a vereadora Tati Beltrão

O Portal No Amazonas é Assim, aproveitando que as eleições 2020 se aproximam, resolveu dar…