Crianças: Futuro da Amazônia

77

Ser livre, brincar e ser feliz é o desejo de qualquer um, seja adulto ou criança. As velhas brincadeiras ainda nos trazem a nostalgia do desafio de subir uma grande árvore, a sensação do frio depois do banho de chuva e as saudades dos pés sujos, depois de uma tarde inteira correndo descalço na frente de casa. É uma pena que o tempo não volte atrás, mas essas brincadeiras ainda são rotinas nas Unidades de Conservação na Amazônia.

Crianças: Futuro da Amazônia / Foto por Thais Antunes
Crianças: Futuro da Amazônia / Foto por Thais Antunes

Dentro dessas unidades as crianças acordam com o canto dos pássaros, tomam café com seus pais, a mesa quase sempre bem servida, reuni: frutas da região, pães, tapioca, sucos e café. E basta descer ou subir a rua para chegar à escola. Todo mundo vai a pé e o pequeno caminho é suficiente para que uma tampinha de garrafa se transforme em uma bola, a rua uma pista de corrida e quem chegar por último é “a mulher do padre”. A manhã na escola por si só é um capítulo à parte: além dos estudos, elas pintam, dançam, cuidam da horta e se divertem muito.

A vida nas águas do Tupé. / Foto Alberto César Araújo-Amazônia Real
A vida nas águas do Tupé. / Foto Alberto César Araújo-Amazônia Real

Depois do almoço o relógio parece que parou. Em quanto hoje em dia as crianças assistem televisão ou estão no celular, as crianças da Comunidade São João do Tupé, se encontram na rua para tomar um banho de rio e matar o calor, passam a tarde brincando e conversando na sombra da árvore. Porque quando o sol diminui, as brincadeiras se espalham por toda comunidade: pega-pega, pique-esconde, barra bandeira e muito mais. Os adultos que fiquem atento para não ser atropelado por uma criança.

Crianças: Futuro da Amazônia / Foto Prefeitura de Manaus
Crianças: Futuro da Amazônia / Foto Prefeitura de Manaus

Os desafios também são muitos, a falta de energia pode durar um dia todo, quase sempre não tem sinal de telefone e a educação e a saúde como aqui na capital, são precárias. Mas tanta alegria, a beleza da floresta e as brincadeiras ajudam a criar pessoas ainda mais resistentes que unidas superam qualquer obstáculo.

A Comunidade São João do Tupé é uma das 6 comunidades da Unidade de Conservação da RDS do Tupé e está localizada a apenas 25km de Manaus, a margem do Rio Negro

Mostra Cultural

O projeto Mostra Cultural: Histórias do Tupé é uma ação que propõe incentivar o resgate cultural, fortalecer a identidade das comunidades envolvidas, descobrindo talentos entre os moradores e revelando oportunidades de geração de renda e desenvolvimento sustentável para a região.

Esse projeto é uma realização do Fórum de Turismo de Base Comunitária, voluntários e instituições públicas e privadas. Que em parceria proporciona oficinas, mentorias e o suporte para que os comunitários possam olhar e valorizar a sua própria história. O evento final da Mostra Cultural será no dia 18 de novembro de 2018 a partir das 9hs na Praia do Tupé.

Mostra Cultural  / Foto : Divulgação
Mostra Cultural / Foto : Divulgação
Crianças: Futuro da Amazônia / Foto por Raphael Alves
Crianças: Futuro da Amazônia / Foto por Raphael Alves

Programação para o Dia das Crianças.

Especialmente para o dia 12 de outubro de 2018 um grupo de voluntários estará visitando a comunidade para fortalecer a divulgação e a importância desse projeto. A visita será das 09hs às 16hs e conta com uma caminhada em toda comunidade, a entrega de souvenires e muita brincadeiras. Essa programação recebe o apoio da Bombons Finos da Amazônia, Cardume Coworking e será realizada no Centro Comunitário doado pela Samsung.

Se você também quer participar dessa programação especial ou contribuir para o projeto entre em contato através do email: [email protected] ou pelo telefone 92 996085401

Pra que Rumo / Foto : Divulgação

Comentários