Crise: Heineken fecha as portas em Manaus

47

Na noite desta quinta-feira (15), foi anunciado pelo prefeito Artur Virgílio Neto (PSDB) através de uma rede social, fechamento da empresa Heineken do Brasil em Manaus.
A crise econômica atual no país, levou a empresa Heineken do Brasil a fechar as portas, assim como recentemente a Microsoft, na capital amazonense. Até abril de 2016, todas as atividades da cervejaria, localizada no bairro da Glória, sejam encerradas. Colaboradores e consumidores surpresos com a noticia, lamentaram o fechamento, funcionários publicavam em redes sociais o sentimento de perda da empresa.

Procurado pelo executivo de assuntos corporativos da Heineken no Brasil, Lucas Câmara, o prefeito Artur Neto disse que este teria afirmado que não há mais como investir na cidade, pois o retorno financeiro não compensaria. 56 funcionários poderão ficar desempregados ou poderão ser transferidos, caso haja interesse de ambas as partes, de acordo com a assessoria da empresa, a maioria será desligada até abril de 2016.

A decisão foi tomada com base em estudos de viabilidade de mercado. A produção antes feita em Manaus será transferida para as unidades de Pacatuba (CE), Ponta Grossa (PR) e Araraquara (SP). A distribuição na capital continuará sendo feita por meio da parceria com o Sistema de Distribuição Coca-Cola.

Foto: Camila Pereira
Foto: Camila Pereira

Comentários

comentários

Loading...