David Almeida dá Adeus ao PSD e confirma primeira votação na próxima quarta-feira

138

Em ritmo acelerado como é de costume, o Presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), David Almeida, confirmou que na próxima quarta-feira (7) haverá a primeira sessão de votação na Casa. A informação foi passada durante a abertura dos trabalhos legislativos, na manhã desta quinta-feira (1).

‚ÄúAntes mesmo do carnaval vamos ter a primeira vota√ß√£o. J√° h√° vetos governamentais e projetos de colegas aptos para serem apreciados. J√° estive no apoio legislativo formando as comiss√Ķes especiais para fazer an√°lise dos vetos. N√£o vamos perder tempo. Toda quarta ser√°, como j√° hav√≠amos definido, dia de delibera√ß√£o nesta Casa‚ÄĚ, disse o presidente afirmando que o ano eleitoral n√£o atrapalhar√° os trabalhos na Aleam.

‚ÄúO Poder Legislativo vive um novo momento. O ano eleitoral n√£o vai atrapalhar nossa atua√ß√£o, porque temos o compromisso com o povo de darmos continuidade nas vota√ß√Ķes e sess√Ķes‚ÄĚ, concluiu.

Ainda durante a sessão solene da leitura da mensagem governamental na Assembleia, David Almeida disse que manterá a postura de votar a favor de matérias que beneficiem a população, mesmo sendo do atual governo. O presidente da Casa afirmou também que as divergências políticas devem ser esquecidas em prol de melhorias para a população.

‚ÄúDiscordo no campo das ideias e das opini√Ķes, jamais no campo pessoal. √Č importante lembrar que das 14 mensagens governamentais enviadas eu votei favor√°vel em 13. Meu mandato est√° √† disposi√ß√£o da melhoria do meu Estado. O povo est√° cansando de brigas pol√≠ticas. Quando os pol√≠ticos brigam, o povo √© quem sofre‚ÄĚ, disse.

David Almeida dá Adeus ao PSD e confirma primeira votação na próxima quarta-feira / Foto : Dhyeizo Lemos
David Almeida dá Adeus ao PSD e confirma primeira votação na próxima quarta-feira / Foto : Dhyeizo Lemos

Adeus PSD

Em tom de protesto, David Almeida confirmou a saída do PSD. Ele agradeceu a sigla pelo tempo em que ficou filiado, mas esperava ter sido valorizado quando desejou ser candidato a governador na eleição suplementar do ano passado e não teve apoio.

‚ÄúEu fui o primeiro deputado a ir para o PMN quando o senador Omar Aziz estava no partido. Depois fui para o PSD. Sempre fui fiel, mas quando precisei de ajuda n√£o tive essa reciprocidade. Sou grato ao PSD, mas estou em busca de um partido que possa ter uma melhor condi√ß√£o, que tenha espa√ßo para crescer politicamente‚ÄĚ, disse.

Sobre as elei√ß√Ķes deste ano, David desconversou. A decis√£o sobre para qual cargo ele vai concorrer, ser√° do povo.

‚ÄúEu tenho um acordo com a Rebecca Garcia.Eu queria ter sido candidato a governador no ano passado. Eu n√£o posso falar de candidatura hoje, porque n√£o tenho nem partido. O que √© certo √© que meu acordo com a Rebecca ser√° cumprido. Em mar√ßo ou em abril vamos fazer uma pesquisa e o povo do Amazonas √© quem decidir√° o cargo que eu tenho que disputar‚ÄĚ, finalizou.

Coment√°rios