Decretada prisão de envolvido em tiroteio que matou criança

15

O juiz Livingstone dos Santos Silva Filho, do Rio de Janeiro, decretou a prisão preventiva de Thiago Rodrigues dos Santos, acusado dos crimes de roubo e homicídio. Ele foi preso em flagrante na noite de sábado (21/1), após uma perseguição policial envolvendo um suposto veículo roubado.

Durante a troca de tiros, a menina Sofia Lara, de dois anos e meio, morreu após ser atingida por uma bala perdida. Ela brincava na área de lazer infantil do restaurante Habib’s, em Irajá, Zona Norte do Rio de Janeiro. A decisão, divulgada nesta segunda (23), se deu em audiência de custódia no Tribunal de Justiça fluminense (TJRJ).

Loading...

O magistrado registrou que há indícios suficientes de autoria e de prova da existência do crime, conforme os documentos do inquérito.

A Polícia Militar informou que o 41º BPM (Irajá) foi acionado para uma ocorrência na Avenida Automóvel Clube. Segundo as informações, um veículo havia sido roubado naquela área. Já na via, os PMs tentaram cercar o criminoso e houve perseguição na altura da Avenida Monsenhor Felix.

O veículo no qual Thiago estava capotou. No acidente, um mototaxista e um passageiro acabaram sendo atingidos pelo carro. Eles sofreram ferimentos leves e foram atendidos no local por bombeiros. Em seguida, os policiais prenderam o motorista do carro roubado e com ele foi apreendida uma pistola.

Reprodução - Facebook
Reprodução – Facebook

 

 

Comentários

comentários

Curta nossa página do Facebook